Mais Cruzeiro

Pinacoteca de Sorocaba retrata o universo das mulheres em um metro quadrado

Pinacoteca recebe mostra itinerante de coletivo formado por 34 artistas de diferentes linguagens
Exposição retrata o universo das mulheres em um metro quadrado
“1MULHERporM2” surgiu em São Paulo, no início deste ano, e já aglutinou artistas de várias partes do Brasil. Crédito da foto: Melissa Haidar / Divulgação

O universo feminino é celebrado na exposição coletiva “1MULHERporM2”. Ela será aberta nesta terça-feira (26), às 17h, na Pinacoteca de Sorocaba, com entrada gratuita.

A mostra, que deu origem ao coletivo artístico homônimo, reúne obras de 34 artistas. Ela terá diferentes linguagens como fotografia, pintura, videoinstalação, colagem, desejo digital, entre outras. Apesar das diferentes estéticas, com poética que versa sobre o universo feminino e feminista, todos os trabalhos têm em comum as dimensões de um metro quadrado.

Leia mais  Com obras de Zezé Correa, Pinacoteca será inaugurada nesta terça (22)

 

Idealizado por Lucrécia Couso, que assina a curadoria da exposição, o “1MULHERporM2” teve origem em março deste ano. Começou em uma exposição no Espaço OpHicina, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

A exposição passou pelo Espaço Índigo Arte, em Bragança Paulista, e chega agora à Pinacoteca de Sorocaba. Tendo as próprias integrantes como articuladoras da itinerância, a exposição circulará, em seguida, por Guarulhos e Paraty (RJ). Na sequência, vai viajar para o exterior, em Buenos Aires, na Argentina e Chicago, nos Estados Unidos.

Segundo Lucrécia, a ideia é que em cada cidade por onde a exposição passar, pelo menos uma artista local passe a integrar o coletivo. “Pretendemos chegar a 50 exposições e artistas e fazer o encerramento com um livro e um documentário que registra todo o processo”, comenta Lucrécia.

Segundo ela, o coletivo já está em conversa com duas artistas sorocabanas. A exposição em Sorocaba é realizada com apoio da Secretaria de Cultura (Secult) e foi articulada pela artista Melissa Haidar, que atualmente mora na cidade.

Um metro quadrado

A curadora comenta que o coletivo acabou se constituindo ao final da primeira exposição. O grupo aglutinou mulheres artistas de várias partes do Brasil – e algumas radicadas no exterior – para compor seu trabalho dentro de um espaço delimitado de um metro quadrado. “Busquei uma forma de representatividade feminina que faz uma metáfora ao espaço que a mulher tem na sociedade”, complementa.

A seleção inicial foi feita com artistas com as quais Lucrécia já havia trabalhado em sua galeria, a Espaço opHicina. “Eu era o único elo entre essas artistas, que até então não se conheciam. Agora, [mesmo a distância], elas trocam informações, compartilham pesquisas. Se formou uma verdadeira rede de mulheres artistas”, detalha. Não por acaso, o convite da exposição em Sorocaba traz o nome de todas as 34 artistas enredados em uma trama, formando uma espécie de jogo de palavra cruzada.

Exposição retrata o universo das mulheres em um metro quadrado
A ideia é que em cada cidade por onde a exposição passar, pelo menos uma artista local passe a integrar o coletivo. Crédito da foto: Melissa Haidar / Divulgação

Mais ou menos literal, cada metro quadrado da exposição é ocupado por questões onipresentes do universo feminino e pela luta de igualdade de gênero. As obras vão desde cacos de louça com fotografias de lideranças feministas, passando pela sensualidade da mulher da terceira idade, à beleza da mulher africana e sua relação cultural com os tecidos coloridos. “Há trabalhos que falam explicitamente do feminicídio e outros mais poéticos, como uma releitura do retrato da Leila Diniz, da década de 1970, que foi a primeira grávida a aparecer em público de biquíni” , menciona a curadora.

Outras artistas

Além de Lucrécia Couso e Melissa Haidar, participam da exposição coletiva as artistas Adriana Bertini, Adriana Cavallaro, Alessandra Bufe, Ana Roberta Lima, Andrea Natali, Bia Parreiras, Cami Onuki, Camila Dotta, Carla Venusa, Cristina Raposo, Débora Bruno, Fabiana Gabaskallás, Fernanda Klee, Fulvia Molina, Heloisa Ramalho, Iara Venanzi, Jéssica Prego, Juliana Brito, Juliana Monteiro Carrascoza, Kattia Basile, Karen Caetano, Laura Corrêa, Lynn Carone, Marcia Gadioli, Mariza Souza, Mila Mayer, Paula Marina, Sheila Ortega, Silvana Lazzuri, Sylvia Diez, Tania Pires e Tina Leme Scott.

A exposição “1MULHERporM2” ficará em cartaz até 29 de setembro e pode ser vista gratuitamente de terça a sexta-feira, das 9h às 16h, e aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 16h. A Pinacoteca Municipal fica na avenida Afonso Vergueiro, 280, no Centro de Sorocaba, no Jardim Maylasky, em frente à antiga Estação Ferroviária. (Felipe Shikama)

Leia mais  Entreatus apresenta canções de ‘A madrinha embriagada’
Comentários

CLASSICRUZEIRO