Cultura Mais Cruzeiro

Cia. Tempo de Brincar estreia no cinema

Elaine Buzato e Valter Silva participarão do filme ‘Pequenos guerreiros’, de Barbara Cariry
Cia. Tempo de Brincar estreia no cinema
O casal embarca hoje para Fortaleza e, ainda nesta semana, participa das filmagens da produção infanto-juvenil, que tem como locações principais as belas paisagens do sertão do Ceará. Crédito da foto: Divulgação

Os artistas sorocabanos Elaine Buzato e Valter Silva, da Cia. Tempo de Brincar, se preparam para fazer sua estreia nas telonas no filme “Pequenos guerreiros”, de Barbara Cariry. O casal embarca hoje para Fortaleza e, ainda nesta semana, participa das filmagens da produção infanto-juvenil, que tem como locações principais as belas paisagens do sertão do Ceará como Quixadá e Barbalha, na região do Cariri. No longa, Elaine e Valter vão interpretar o papel deles mesmos: isto é, de um carismático casal que forma uma companhia de teatro musical e de animação que percorre o país encantando crianças — e adultos — com uma obra original e poética que exalta o folclore, a arte e a cultura popular brasileira.

O convite ocorreu por meio do contato que os artistas sorocabanos já tinham com o cineasta Rosemberg Cariry, pai da diretora, e um dos principais representantes do cinema de arte do nordeste, cuja obra é apontada como referência para a companhia sorocabana. Elaine comenta que o casal conheceu Rosemberg e sua família no Ceará, em 2015, e desde então, em várias visitas ao Ceará, participam juntos de eventos culturais e o acompanham em pesquisas em festas populares no interior do Estado.

Leia mais  Secretaria da Cultura credencia 115 peritos de projetos culturais

A aproximação com o renomado cineasta e sua filha, que fará sua estreia em um longa-metragem, se deu por meio do DVD “Varal de memórias”, lançado há cinco anos pela Cia. Tempo de Brincar, com direção de Ricardo Camargo. É que uma cópia foi enviada a Rosemberg, que se encantou ao assistir toda aquela brincadeira poética musical, onde ritmos e mitos brasileiros contracenam com bordados e bonecos. “A gente ficou super feliz com o convite. Fomos cultivando uma amizade e admiração por esse grande artista e pesquisador”, comenta Elaine. Elaine ainda revela que, no filme, a dupla de artistas estará em viagem pelo sertão fazendo suas apresentações teatrais, quando encontram as crianças protagonistas da aventura. O roteiro prevê ainda trechos de duas canções compostas por Valter Silva.

A estreia no cinema vai celebrar os 18 anos da companhia, que acumula cinco CDs, dois DVDs, mais de dez espetáculos e centenas de fãs pelo Brasil afora. A ficção também tornará realidade um projeto sonhado pelo casal: o “pequeninas narrativas caminhantes”. O projeto, que na prática ainda depende de patrocínio para a sua viabilização, consiste na adaptação de um carro, com palco móvel e adereços lúdicos que o transformam em uma espécie de teatro mambembe. “No filme essa ideia vai ser possível”, comemora Elaine, que levará na bagagem peças do figurino da companhia para usar no filme. “Vai ser incrível essa troca com as pessoas de lá. Poder levar a nossa arte e a nossa experiência e conhecer a deles é o que nos enriquece”, complementa Elaine. (Felipe Shikama)

Comentários