Buscar no Cruzeiro

Buscar

Internacional

Fumaça cobre o céu de Nova York

22 de Julho de 2021 às 00:01
Da Redação [email protected]
Incêndios florestais acontecem há mais de 4 mil km da cidade.
Incêndios florestais acontecem há mais de 4 mil km da cidade. (Crédito: SPENCER PLATT / GETTY IMAGES / AFP)

O céu de Nova York ficou coberto por fumaça ontem. A cena atípica assustou os moradores do lugar e acendeu um alerta sobre as mudanças climáticas e efeitos das queimadas na região da Califórnia, na Costa Oeste dos Estados Unidos, principalmente o Oregon, e no país vizinho, Canadá.

As correntes de vento levaram a nuvem de fumaça a mais de 4 mil quilômetros de distância e provocaram muita poluição atmosférica. Autoridades do estado de Nova York emitiram um alerta para que a população evite atividades ao ar livre.

Na Califórnia, várias cidades tiveram que ser evacuadas devido às crescentes chamas do incêndio Dixie, que pode ter sido causado pela queda de uma árvore nos fios de energia elétrica de um grande fornecedor, a Pacific Gas and Electric (PG&E).

Canadá

Milhares de pessoas escapavam ontem (21) dos violentos incêndios no oeste do Canadá, que começaram mais cedo do que o normal. Centenas de soldados adicionais serão destacados para combatê-los.

“Minha nova casa é meu trailer de férias”, disse Margo Wagner, chefe de um distrito da Colúmbia Britânica que está entre os evacuados. É a segunda vez em quatro anos que sua casa em Canim Lake, zona rural no centro dessa província, é ameaçada por um incêndio.

A província declarou estado de emergência nesta segunda-feira devido ao avanço dos incêndios florestais. Mais de 5.700 pessoas foram alvo de uma ordem de evacuação e mais de 32.000 estão sob alerta de evacuação.

Ao sul da fronteira com os Estados Unidos, os bombeiros combatem incêndios tão grandes que agora geram seu ‘próprio clima‘, segundo especialistas.

Quase 80 grandes incêndios estão devastando centenas de milhares de hectares na Califórnia, Montana e Nevada. (Da Redação)