Buscar no Cruzeiro

Buscar

China

Foguete chinês cairá na Terra

06 de Maio de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
Foguete Long March 5B.
Foguete Long March 5B. (Crédito: AFP (29/4/2021))

Um foguete usado pela China para lançar em órbita o módulo principal da primeira estação espacial permanente do País deve voltar à Terra no próximo sábado (8) em um local desconhecido. A informação é de um comunicado do porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, Mike Howard.

A agência espacial da China ainda não disse se a parte central do enorme foguete Long March 5B está sob controle ou fará uma descida descontrolada. Detalhes básicos sobre o foguete e sua trajetória são desconhecidos porque o governo chinês ainda não comentou publicamente sobre a reentrada.

O comando espacial americano está rastreando a trajetória do foguete. O 18º Esquadrão de Controle Espacial dos EUA fornecerá atualizações diárias sobre sua localização por meio do site Space Track.

A maior parte dos detritos espaciais são queimados na atmosfera. No entanto, o tamanho do foguete, de 22 toneladas, aumentou a preocupação de que alguns de seus pedaços maiores podem retornar à atmosfera e causar danos se atingirem áreas habitadas.

Jonathan McDowell, especialista do Centro de Astrofísica da Universidade de Harvard, esclareceu ao canal CNN que a situação. “O risco de alguém bater ou se machucar é muito pequeno. Não é desprezível, pode acontecer, mas o risco de bater em você é incrivelmente pequeno”, disse à emissora. (Da Redação com Estadão Conteúdo)