Buscar no Cruzeiro

Buscar

Economia

CCR paga R$ 1,8 bilhões para renovar concessão da Dutra

30 de Outubro de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]
placeholder
placeholder

Em menos de 15 minutos, o grupo CCR confirmou o favoritismo e manteve a concessão da rodovia Dutra por mais 30 anos. A empresa, atual concessionária da estrada, disputou o leilão com a Ecorodovias e ganhou o certame com o desconto máximo de 15,31% sobre o valor da tarifa e outorga de R$ 1,8 bilhão. Com isso, a tarifa da Dutra deve cair cerca de 35% em relação aos valores atuais.

A partir da assinatura do contrato, a CCR terá de investir quase R$ 15 bilhões em uma série de obras e inovações. Além disso, deverá gastar cerca de R$ 10 bilhões em custos operacionais. Para o ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, esses números mostram que a concessão era para “bolso grande”, o que justificou a presença de apenas duas empresas no leilão.

No mercado, o resultado do leilão surpreendeu mais pela proposta da EcoRodovias. Especialistas esperavam um desconto maior na tarifa, o que levaria o leilão para a próxima fase. “Mas deu a lógica tanto em relação aos competidores como a vitória da CCR”, diz Caio Loureiro, sócio do escritório Cascione, Pulino, Boulos Advogados. (Estadão Conteúdo)