Buscar no Cruzeiro

Buscar

Economia

Programa vai auxiliar compra de gás GLP

18 de Junho de 2021 às 00:01
Estadão Conteúdo e Redação
Botijões de gás de cozinha (GLP) em distribuidora.
Botijões de gás de cozinha (GLP) em distribuidora. (Crédito: Vinicius Fonseca (26/03/2020))

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou ontem o lançamento do programa Vale Gás, que prevê a transferência de renda para a compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg) a mais de 100 mil famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Segundo o governo do Estado, cerca de 500 mil pessoas serão beneficiadas, a partir de 20 de julho.

O auxílio será distribuído em três parcelas bimestrais de R$ 100, a serem pagas até dezembro deste ano. O programa será gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, recebendo mais de R$ 31 milhões em investimento e alcançando 82 municípios paulistas.

Terão acesso ao benefício as famílias inscritas no CadÚnico, com renda mensal per capita de até R$ 178 e que não recebem o Bolsa Família.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Social do Estado, Célia Parnes, esse é “um passo importante para garantir a proteção social e segurança alimentar de famílias em maior fragilidade frente aos desafios impostos pela pandemia”.

O benefício será englobado pelo Bolsa do Povo -- programa lançado em maio deste ano que concentra a gestão de auxílios, ações e projetos para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Na Região Metropolitana de Sorocaba, o Vale Gás deverá abranger os municípios de Ibiúna, Itu, Mairinque, Salto, São Roque, Sorocaba, Tatuí e Votorantim. (Estadão Conteúdo e Redação)