Buscar no Cruzeiro

Buscar

Geral

Secretário especial da Fazenda é demitido

28 de Abril de 2021 às 00:01
Estadão Conteúdo
Waldery Rodrigues saiu por questões sobre o Orçamento.
Waldery Rodrigues saiu por questões sobre o Orçamento. (Crédito: JOSÉ CRUZ / ARQUIVO AGÊNCIA BRASIL (11/3/2020))

O ministro da Economia, Paulo Guedes, demitiu Waldery Rodrigues do cargo de secretário especial da Fazenda, após embates na sanção do Orçamento. Para seu lugar, o escolhido foi o atual secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal. Na hierarquia do Ministério da Economia, o Tesouro Nacional é ligado à Secretaria Especial da Fazenda.

A saída de Waldery do cargo vem depois de uma série de embates em torno da sanção do Orçamento de 2021, que sofreu um veto de R$ 19,8 bilhões em despesas e um bloqueio adicional de R$ 9,3 bilhões.

A área comandada por ele foi uma das mais ferrenhas defensoras do ajuste no Orçamento por conta da maquiagem em despesas obrigatórias, como os benefícios previdenciários, uma visão contrária à do Congresso, de que a peça poderia ser sancionada integralmente.

Waldery já esteve na mira do presidente Jair Bolsonaro no ano passado, quando defendeu congelar aposentadorias e mexer no seguro-desemprego para liberar recursos ao Renda Brasil, como era chamada a proposta de reformulação dos programas sociais. Na época, Bolsonaro ameaçou dar “cartão vermelho” a Waldery. (Estadão Conteúdo)