Buscar no Cruzeiro

Buscar

Covid-19

São Paulo confirma caso da variante Delta

06 de Julho de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
A variante delta da Covid-19 já circula em ao menos 85 países, alertou a OMS.
A variante delta da Covid-19 já circula em ao menos 85 países, alertou a OMS. (Crédito: Pixabay)

O primeiro caso da variante Delta do novo coronavírus, originalmente detectada na Índia, foi confirmado na cidade de São Paulo. Segundo a Prefeitura, um homem de 45 anos testou positivo para a variante e está sob monitoramento.

A gestão municipal disse que outras três pessoas da família (mulher, enteado e filho) estão sendo acompanhados pela Unidade Básica de Saúde (UBS) da região, que não foi informada.

Desde abril, em parceria com o governo do Estado, a capital encaminha parte das amostras de exames RT-PCR positivos ao Instituto Butantan para análise genômica. Segundo o Município, o monitoramento das variantes na capital é realizado por meio de cálculo amostral, por semana epidemiológica, “com cerca de 250 amostras semanais que seguem para análise do laboratório do Instituto Butantan, onde é realizado o sequenciamento genético”.

No Brasil, até o fim da semana passada, foram registrados 11 casos da variante Delta. Seis deles são de um navio que está na costa do Maranhão; há um caso em Campos dos Goytacazes (RJ), um em Juiz de Fora (MG), dois em Apucarana (PR) e um em Goiânia. Duas pessoas morreram em decorrência da infecção causada pela nova cepa. (Da Redação com Estadão Conteúdo)

 

São Paulo confirma caso da variante Delta

Buscar no Cruzeiro

Buscar

Covid-19

São Paulo confirma caso da variante Delta

06 de Julho de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
A variante delta da Covid-19 já circula em ao menos 85 países, alertou a OMS.
A variante delta da Covid-19 já circula em ao menos 85 países, alertou a OMS. (Crédito: Pixabay)

O primeiro caso da variante Delta do novo coronavírus, originalmente detectada na Índia, foi confirmado na cidade de São Paulo. Segundo a Prefeitura, um homem de 45 anos testou positivo para a variante e está sob monitoramento.

A gestão municipal disse que outras três pessoas da família (mulher, enteado e filho) estão sendo acompanhados pela Unidade Básica de Saúde (UBS) da região, que não foi informada.

Desde abril, em parceria com o governo do Estado, a capital encaminha parte das amostras de exames RT-PCR positivos ao Instituto Butantan para análise genômica. Segundo o Município, o monitoramento das variantes na capital é realizado por meio de cálculo amostral, por semana epidemiológica, “com cerca de 250 amostras semanais que seguem para análise do laboratório do Instituto Butantan, onde é realizado o sequenciamento genético”.

No Brasil, até o fim da semana passada, foram registrados 11 casos da variante Delta. Seis deles são de um navio que está na costa do Maranhão; há um caso em Campos dos Goytacazes (RJ), um em Juiz de Fora (MG), dois em Apucarana (PR) e um em Goiânia. Duas pessoas morreram em decorrência da infecção causada pela nova cepa. (Da Redação com Estadão Conteúdo)