Buscar no Cruzeiro

Buscar

São Paulo

Audiências on-line discutem orçamento de SP

11 de Junho de 2021 às 00:01
Da Redação [email protected]
Participação popular será on-line.
Participação popular será on-line. (Crédito: pxhere.com )

O governo paulista, por meio da Secretaria de Projetos, Orçamento e Gestão, realiza de hoje (11) a 25 de junho audiências públicas para elaboração do Orçamento do Estado de 2022. A audiência, pela internet, tem por objetivo garantir transparência e ampliar a participação da população no planejamento do Estado. Os resultados vão subsidiar a elaboração do Projeto de Lei Orçamentária Anual.

A participação pode ser feita de forma on-line, pelo site audienciasdoorcamento.sp.gov.br, criado com o intuito de proporcionar ao cidadão informações sobre o Orçamento do Estado, com perguntas e respostas e acesso direto ao sistema de participação, onde é possível sugerir melhorias em todas as áreas que compõem o poder público.

As audiências eletrônicas são uma oportunidade para a comunidade contribuir, de maneira efetiva, na construção de um orçamento mais próximo do cidadão, que pode apontar áreas e ações prioritárias para a região em que ele vive. Qualquer cidadão paulista ou residente no Estado pode participar da audiência, com sugestões que visem o desenvolvimento social e econômico sustentável de sua cidade e região.

A discussão sobre o Orçamento do Estado passou pela elaboração da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), cuja audiência foi realizada entre 27 de março e 11 de abril. A participação do cidadão contribuiu para a produção do relatório que embasou o projeto de lei protocolado na Assembleia Legislativa para apreciação dos deputados estaduais. O relatório, disponível no portal das Audiências Públicas, conta com 1.098 contribuições registradas e apresenta escolhas e sugestões feitas pelos cidadãos durante a consulta eletrônica.

A Audiência Pública oferece a oportunidade para o cidadão indicar o que ele considera prioridade nos investimentos do Estado. O sistema de participação é composto por formulário em etapas, que proporcionam a oportunidade de sugerir ações para o desenvolvimento econômico e social da sua cidade e região.

É um instrumento legal previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal e na Lei de Diretrizes Orçamentárias, que permitem aos cidadãos manifestarem suas demandas e necessidades regionais. Tem como objetivo estimular a participação dos cidadãos paulistas e garantir maior transparência na preparação do PPA (Plano Plurianual), LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e LOA (Lei Orçamentária Anual). (Da Redação)