Buscar no Cruzeiro

Buscar

Vacinação

Ciclone interrompe vacinação na Índia

19 de Maio de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
País registrou recorde de mortes com mais de 4 mil óbitos em um dia.
País registrou recorde de mortes com mais de 4 mil óbitos em um dia. (Crédito: PUNIT PARANJPE / AFP)

Com ventos de até 210 km/h, o ciclone Tauktae atingiu a costa oeste da Índia na segunda-feira, 17, deixando pelo menos 27 mortos e centenas de desaparecidos. A tempestade é considerada a mais poderosa a atingir a região em mais de duas décadas, e preocupa autoridades quanto à continuidade do enfrentamento à pandemia de Covid-19. O cronograma de imunização do país teve de ser interrompido.

Em meio ao desastre natural, a Índia registrou novo recorde de mortes por Covid-19 ontem (18), ao mesmo tempo em que o número de infectados tem diminuído nos últimos dias. De acordo com o Guardian, foram relatados 4.329 óbitos nas últimas 24 horas e 263 mil novos casos. Segundo a universidade americana Johns Hopkins, desde o início da pandemia, o País superou 25 milhões de contaminações e 278 mil vidas perdidas.

Ciclone

Cerca de 150 mil moradores dos estados de Gujarat e Maharashtra tiveram de sair de suas casas devido à chegada do ciclone, antecipada pela agência meteorológica local. Segundo o diretor da Força Nacional de Resposta a Desastres da Índia, S.N. Pradhan, as normas de distanciamento social estão sendo seguidas em abrigos de evacuação e as equipes de resgate estão retirando os destroços das áreas afetadas. Há relatos de destroços espalhados pelas estradas, árvores arrancadas e linhas de eletricidade danificadas após o desastre. O ciclone deve enfraquecer hoje, mas fortes chuvas devem continuar ocorrendo em diversas partes de Gujarat e Maharashtra pelos próximos dias. (Da Redação com Estadão Conteúdo)