Buscar no Cruzeiro

Buscar

São Paulo

Ricardo Nunes afirma que não haverá mudanças no governo

18 de Maio de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
Ricardo Nunes foi eleito como vice de Bruno.
Ricardo Nunes foi eleito como vice de Bruno. (Crédito: DIVULGAÇÃO / PMSP (15/5/2021))

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), participou ontem de sua primeira agenda após ser efetivado no cargo depois da morte de Bruno Covas (PSDB) e garantiu que não pretende fazer mudanças na equipe. “A gestão é Bruno Covas. Não existe mudança ou alteração. Participei com o Bruno da formação desse governo. Não tem por que mudar”, disse o emedebista.

Nunes participou ao lado do secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido (PSDB), do início da nova etapa de vacinação para grávidas no estádio Allianz Parque, na zona oeste da capital, onde está um dos mega postos de vacinação da prefeitura.

Em entrevista coletiva, o prefeito disse que vai “honrar a memória e o governo” de Covas e que sua escolha como vice foi uma decisão pessoal do tucano.

Nunes também negou que seja um político conservador ou de extrema-direita. “Não sei de onde tiraram que sou de extrema-direita. Faço a defesa incondicional da democracia. Minha postura é de centro na parte política. Escutei muito isso na imprensa, mas não me considero conservador. Sou católico praticante. Talvez vocês não me conheçam tanto”, disse.

Ao assumir a Prefeitura de São Paulo após a morte de Bruno Covas (PSDB) neste domingo, 16, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) provocou uma mudança na correlação de forças políticas no Estado, maior colégio eleitoral do País. Aliado do PSDB, Nunes é considerado peça-chave na tentativa de levar o MDB a apoiar os projetos eleitorais do governador João Doria para 2022.

Homenagens

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou pelo Twitter que o parque em construção às margens do Rio Pinheiros levará o nome do prefeito Bruno Covas (PSDB). Covas assumiu a Prefeitura de São Paulo em 2018, após Doria abrir mão do cargo para concorrer ao governo do Estado, e se elegeu para um novo mandato no posto no ano passado. A estrutura de lazer, com investimento previsto de R$ 30 milhões, deve ser concluída em fevereiro do próximo ano e se chamará Parque Linear Bruno Covas. (Da Redação com Estadão Conteúdo)