Exterior

UE e Japão assinam histórico acordo de livre-comércio

União Europeia e Japão firmaram, nesta terça-feira (17), em Tóquio, um ambicioso acordo de livre-comércio que constitui “uma potente mensagem contra o protecionismo” do presidente americano, Donald Trump. “Hoje é um dia histórico, porque celebramos a assinatura de um acordo comercial extremamente ambicioso entre duas das principais economias do mundo”, declararam o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em um comunicado conjunto divulgado após a assinatura.

É “uma mensagem clara contra o protecionismo” de Trump, afirmou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, ao lado de Juncker e Abe. “Transmitimos uma mensagem clara de que formamos uma frente comum contra o protecionismo”, declarou Tusk. “Mostramos que somos mais fortes e estamos mais bem posicionados quando trabalhamos juntos”, disse Juncker.

“É muito mais do que um acordo comercial (…) É uma declaração de dois sócios com ideias afins que juntos representam quase um terço do PIB mundial”, acrescentou. “Acreditamos em um comércio aberto, justo e baseado em regras”, completou Juncker. O acordo mostra “a vontade política do Japão e da União Europa de liderar o mundo como os campeões do livre-comércio, em um momento no qual o protecionismo se ampliou”, afirmou o premiê japonês.

Comentários