Exterior

Trump não desiste da ideia e diz que vai conseguir financiamento para muro

Presidente dos Estados Unidos afirmou que fará o que for preciso para conseguir financiamento para a segurança da fronteira

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira (26) que fará o que for preciso para conseguir financiamento para a segurança da fronteira americana com o México, sinalizando que a paralisação parcial da máquina pública federal do país não deve ter fim enquanto não houver um acordo entre democratas e republicanos para a construção de um muro entre os países.

Os comentários de Trump foram feitos a repórteres que viajaram com ele para o Iraque a bordo do Air Force One. O presidente se recuou a dizer a repórteres o quanto ele exigiria de fundos para aceitar encerrar a paralisação. Em vez disso, o republicano voltou a culpar os democratas pela questão e disse que “o público americano está exigindo um muro”.

Leia mais  'Excelente ligação', diz Trump sobre conversa com Bolsonaro

 

Trump solicitou US$ 5 bilhões para o muro, uma quantia que a oposição rejeitou. O líder democrata no Senado, Chuck Schumer (Nova York), afirmou que o financiamento à construção do muro “nunca passará pelo Senado” e pediu a Trump que abandone o pedido para que a barreira possa ser financiada.

A mais recente paralisação do governo americano – a terceiro do ano – teve início no sábado depois que o orçamento “tampão” expirou para nove departamentos e dezenas de agências. Cerca de 420 mil trabalhadores foram considerados essenciais e estão trabalhando sem pagamento, enquanto outros 380 mil estão parados. (Fonte: Associated Press – Estadão Conteúdo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO