Exterior

Trump diz que aumentou sanções contra Irã e cancelou ataque militar

Em retaliação a derrubada de um drone americano por forças iranianas
Donald Trump é presidente dos EUA. Crédito da foto: Mandel Ngan / AFP (20/6/2019)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em seu Twitter nesta sexta-feira (21) que as sanções impostas ao Irã pela sua gestão fizeram do país no Oriente Médio uma nação “muito mais fraca do que no início da minha Presidência”. De acordo com Trump, novas sanções foram aplicadas na noite passada em retaliação a derrubada de um drone americano por forças iranianas na madrugada da última segunda-feira (17).

Trump disse que, na madrugada desta sexta, o Estado Maior estava pronto para retaliar o Irã em um ataque a três diferentes locais do país. O presidente americano, no entanto, perguntou quantas pessoas seriam mortas e obteve a resposta de um general de que seriam 150 vítimas. “Dez minutos antes do ataque, resolvi pará-lo porque não seria uma resposta proporcional à neutralização do nosso drone, que não era tripulado”, afirmou Trump.

Por fim, o presidente republicano ainda disse que, ao invés de atacar militarmente, preferiu aumentar as sanções contra o país na noite de quinta-feira, 20 – mas não deu maiores informações sobre quais seriam as novas sanções. (Gabriel Wainer – Estadão Conteúdo)

Leia mais  Reino Unido manifesta apoio ao ingresso do Brasil na OCDE
Comentários

CLASSICRUZEIRO