Exterior

Tiroteio em torneio de vídeogame na Flórida deixa quatro mortos

Tiroteio aconteceu em um torneio de vídeogame e registrou quatro mortos e 11 feridos
Várias pessoas foram mortas em um tiroteio maciço em um torneio de vídeo game em Jacksonville (nordeste da Flórida). Crédito da foto: AFP.

Pelo menos quatro pessoas morreram e 11 ficaram feridas após um ataque a tiros na manhã deste domingo (26) durante um torneio de videogame na Flórida, segundo o jornal Miami Herald.
O escritório do xerife de Jacksonville fala em “múltiplas vítimas” e diz que os tiros foram disparados no Jacksonville Landing, um complexo de lojas e restaurantes. Um suspeito do ataque estaria entre os mortos, segundo o escritório do xerife.

As autoridades ordenaram que as pessoas ficassem longe do local, onde estaria sendo realizado o torneio Madden 19, de acordo com a emissora CNN. O governador da Flórida, Rick Scott, disse ter entrado em contato com o escritório do xerife local para oferecer todo o apoio necessário. Os agentes dizem estar cientes de que há várias pessoas escondidas em áreas trancadas no complexo, e pedem para as pessoas ficarem calma e continuarem onde estão. “A Swat [polícia especializada] está realizando uma busca metódica dentro do The Landing. Nós vamos tirar vocês. Por favor não saiam correndo”, indica a mensagem.

As vítimas estariam sendo levadas ao hospital Memorial e ao UF Health Hospital. Várias ambulâncias, carros de bombeiros e agentes da polícia estão no local e ruas foram bloqueadas nas proximidades do Jacksonville Landing. Caso seja confirmado, será o terceiro ataque a tiros com vários mortos nos EUA neste ano. ​Em maio, o adolescente Dimitrios Pagourtzis, 17, entrou em uma escola na cidade de Santa Fé, no Texas, portando um revólver e uma espingarda e matou dez pessoas. Outras dez ficaram feridas.Três meses antes, um ex-aluno de 19 anos matou 17 pessoas em uma escola na Flórida. (Folhapress)

Leia mais  Condenada à morte nos EUA pode ser executada

Várias ambulâncias, carros de bombeiros e agentes da polícia estão no local e ruas foram bloqueadas nas proximidades do Jacksonville Landing. A conta oficial do jogo Madden no Twitter publicou uma mensagem dizendo ter tomado conhecimento do incidente no campeonato do jogo e afirmou estar trabalhando com as autoridades para coletar todas as informações neste momento. “É uma situação horrível e nossa mais profunda solidariedade a todos os envolvidos.”

Caso seja confirmado, será o terceiro ataque a tiros com vários mortos nos EUA neste ano. ​Em maio, o adolescente Dimitrios Pagourtzis, 17, entrou em uma escola na cidade de Santa Fé, no Texas, portando um revólver e uma espingarda e matou dez pessoas. Outras dez ficaram feridas.Três meses antes, um ex-aluno de 19 anos matou 17 pessoas em uma escola na Flórida.

Leia mais  Justiça britânica nega pedido de extradição de Assange aos EUA

TIROTEIOS NOS EUA

País registrou ataques em escolas, jornal e na sede do YouTube neste ano

Escola em Parkland (Flórida)
Data: 14 de fevereiro
Vítimas: 17 mortes, incluindo estudantes e adultos, o que faz do caso o segundo pior tiroteio em escola dos EUA
Atirador: Nikolas Cruz, 19, Um aluno expulso do colégio por questões disciplinares. Tinha um rifle AR-15

Escola em Great Mills (Maryland)
Data: 20 de março
Vítimas: O atirador morreu no ataque após deixar dois estudantes feridos, uma menina de 16 anos e um menino de 14
Atirador: Austin Wyatt Rollins, 17, que era estudante da escola e teve um relacionamento com a menina atingida

Sede do Youtube, em San Bruno (Califórnia)
Data: 3 de abril
Vítimas: 2 mulheres, de 32 e 27 anos, e um homem de 36 anos
Atiradora: Nasim Aghdam, 39, que cometeu suicídio após o ataque. Ela se dizia insatisfeita com a remuneração de seus canais na plataforma e que sofria censura

Santa Fé, no Texas
Data: 18 de maio
Vítimas: 9 estudantes e 1 professor
Atirador: Dimitrios Pagourtzis, 17, aluno da escola. Ele carregava uma espingarda e um revólver de seu pai

Leia mais  EUA: ex-secretários dizem que eleição acabou e pedem transição pacífica

Jornal Capital Gazette, em Anapolis (Maryland)
Data: 28 de junho
Vítimas: Cinco pessoas, entre elas 4 jornalistas
Atirador: Jarrod Ramos, 38, que processou o veículo após a publicação de um artigo sobre processo de assédio contra ele

Overland Park (Kansas)
Data: 3 de julho
Vítimas: Um prestador de serviço da escola foi morto e outro ficou em estado grave
Atirador: Segundo a polícia, os disparos foram feitos por David Grable, 30, outro profissional que atendia o colégio, após discussão

Comentários