Covid-19 Exterior

Para facilitar distanciamento, Londres amplia calçadas e ciclovias

Mudanças podem multiplicar por 10 o número de quilômetros percorridos de bicicleta
Calçadas serão ampliadas nas ruas comerciais para permitir que as pessoas respeitem a distância. Crédito da foto: Tolga AKMEN / AFP

 

As ruas de Londres serão transformadas, com calçadas mais amplas para pedestres e mais ciclovias, com o objetivo de facilitar o distanciamento físico contra a propagação do coronavírus, anunciou nesta quarta-feira (6) o prefeito Sadiq Khan.

As medidas pretendem evitar que os transportes públicos fiquem sobrecarregados no momento de retorno dos britânicos ao trabalho e promover alternativas às poluentes viagens de automóveis.

As mudanças podem multiplicar por 10 o número de quilômetros percorridos de bicicleta e por cinco a área para caminhadas após o fim do confinamento, informaram a prefeitura e a autoridade de transporte londrina em um comunicado.

Para concretizar a ideia, Londres criará uma nova rede temporária de ciclovias, seguindo o exemplo de cidades como Berlim ou Nova York, que já modificaram suas ruas para facilitar os deslocamentos de bicicleta.

Além disso, as calçadas serão ampliadas nas ruas comerciais para permitir que as pessoas respeitem a distância durante as caminhadas ou nas filas nas entradas das lojas.

Para permitir as mudanças, estacionamentos e faixas de carros serão realocadas.

“A capacidade de nosso transporte público será consideravelmente reduzida após o coronavírus devido aos enormes desafios que enfrentamos em termos de distanciamento social”, afirmou o trabalhista Khan.

O prefeito pediu aos que podem trabalhar de casa que prossigam com a medida e afirmou que deseja ajudar aqueles que precisam se deslocar até o local de trabalho”.

Khan também quer permitir “aos muitos londrinos que redescobriram a alegria de caminhar ou viajar de bicicleta durante o confinamento” que façam isto em segurança. (AFP)

Comentários