Covid-19 Exterior

Johnson diz não ter problemas com oferta de vacinas no Reino Unido

O primeiro-ministro comentou que há diálogo com as farmacêuticas para a fabricação de atualizações das vacinas
Brasil negocia compra com Rússia e Índia
Johnson comentou que há diálogo em andamento com as farmacêuticas para a fabricação de atualizações das vacinas. Crédito da foto: Jorge Bernal / AFP

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta segunda-feira (22), que o país “não tem problemas no momento” com a oferta de vacinas contra a covid-19. “Estou confiante de que poderemos cumprir nossas metas” na vacinação, comentou, durante sessão do Parlamento na qual apresentou o plano de seu governo para uma reabertura gradual da economia.

Johnson também comentou que há diálogo em andamento com as farmacêuticas para a fabricação de atualizações das vacinas, a fim de combater novas variantes do vírus.

O premiê previu que essas novas versões do imunizante devem surgir “nos próximos meses”.

Doença bastante presente ainda

O premiê do Reino Unido pediu que os britânicos não baixem a guarda, diante da pandemia da covid-19. Ao apresentar no Parlamento diretrizes para a retomada gradual das atividades, Johnson ressaltou que o problema continua grave.

“O vírus continua muito presente no país, temos de trabalhar para controlá-lo”, advertiu o primeiro-ministro. (Gabriel Bueno da Costa/Estadão Conteúdo)

Comentários