Exterior

Governo de Hong Kong proíbe o uso de máscaras em protestos

A prática poderá ser punida com até um ano de cadeia
A medida representa o endurecimento da postura do governo diante dos protestos violentos em Hong Kong, Crédito da foto: Mohd Rasfan / AFP

A chefe do governo de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou nesta sexta-feira (04) que o uso de máscaras durante as manifestações na região estará proibido a partir deste sábado (05), e pode ser punido com até um ano de cadeia.

A medida representa o endurecimento da postura do governo diante dos protestos violentos em Hong Kong, que já se estendem por quatro meses e têm sido marcados por crescente violência policial contra manifestantes.

Na última terça-feira, um rapaz de 18 anos tornou-se o primeiro participante das demonstrações a ser baleado pela polícia. O jovem está internado em condições estáveis e foi denunciado por causar tumulto, podendo ser condenado a até dez anos de prisão. (Estadão Conteúdo, com Associated Press)

Comentários

CLASSICRUZEIRO