Exterior

Condenada à morte nos EUA pode ser executada

Um tribunal federal de apelações abriu caminho para a execução da única mulher no corredor da morte federal americano antes que o Donald Trump deixe o cargo dia 20. Lisa Montgomery, de 52 anos, foi condenada por matar uma grávida e roubar seu bebê em um crime cometido em 2004 e pode ser executada no dia 12. Se a data for mantida, Montgomery será a primeira mulher condenada pelo sistema federal a ser executada desde 1953, quando Bonnie Heady foi morta na câmara de gás no Estado do Missouri. A decisão, proferida na sexta-feira por um painel de três juízes do Tribunal de Apelações dos Estados Unidos para o Circuito do Distrito de Columbia, concluiu que um juiz de primeira instância errou ao desmarcar a data de execução de Montgomery na semana passada. (Estadão Conteúdo)

Comentários