Exterior

Bombardeios no leste da Síria deixam 14 mortos

Vítimas eram combatentes das milícias pró-Irã
Mais de dez bombardeios aéreos teriam atingido a Síria. Crédito da foto: Reprodução/ Google Maps

Ao menos 14 combatentes das milícias pró-Irã na Síria, em sua maioria iraquianos, morreram em bombardeios noturnos contra suas posições no leste do país, informou neste domingo (22) a Organização Não Governamental (ONG) Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Esta organização atribuiu a Israel os ataques realizados na província síria de Deir Ezzor, na fronteira com o Iraque. Até o momento, Israel não reagiu a essas informações.

“Mais de dez bombardeios aéreos tiveram como alvo posições de milícias pró-Irã” nos arredores de Bukamal, cidade muito perto da fronteira, disse à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

Os bombardeios mataram “oito iraquianos e seis afegãos”, acrescentou.

O setor está dominado pelas facções pró-Irã que contam geralmente com milicianos estrangeiros. (AFP)

Comentários