Economia Exterior

Bolsas da Europa fecham em alta, com impulso de NY por foco em pacote fiscal

O índice pan-europeu Stoxx 600 terminou o dia com ganhos de 0,30%, aos 410,78 pontos
Bolsa de Valores
Crédito da foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta segunda-feira (8). Em meio à agenda esvaziada no Velho Continente, investidores seguiram o tom otimista vindo de Nova York, onde há grande otimismo com a aprovação e os impactos do pacote fiscal proposto pelo presidente norte-americano, Joe Biden. O índice pan-europeu Stoxx 600 terminou o dia com ganhos de 0,30%, aos 410,78 pontos.

O mercado renova apostas de que o pacote fiscal da Casa Branca, na ordem de US$ 1,9 trilhão, sairá do papel e terá efeito positivo sobre a recuperação econômica. No domingo, a secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, voltou a defender a medida de estímulo e minimizou os impactos na inflação. “E precisamos disso o quanto antes”, afirmou, em entrevista à CNN. “Alta da inflação é um risco a considerar, mas temos ferramentas para lidar com esse problema”, acrescentou, tirando força de uma crítica comum ao pacote fiscal de Biden – seus reflexos nos preços ao consumidor.

As falas de Yellen, que repercutem no mercado nesta segunda-feira em meio a uma agenda esvaziada, dão espaço para investidores do mercado acionário ampliarem os ganhos da semana passada, tanto em Wall Street quanto na Europa.

Leia mais  Lojistas de shopping falam em demissões

Em Londres, índice FTSE 100 encerrou o dia em alta de 0,53%, aos 65.23,53 pontos, acompanhado pelo CAC 40, de Paris, que subiu 0,47%, a 5.686,03 pontos.

As maiores altas vieram da bolsa de Milão, onde o índice FTSE MIB encerrou a sessão subindo 1,48%, a 23.425,92 pontos, de olho na formação do novo governo pelo ex-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi.

O Movimento Cinco Estrelas vai fazer votação online para decidir sobre um possível endosso à coalizão. O tom na praça de Frankfurt, porém, foi mais baixo, com o índice Dax subindo apenas 0,02%, a 14.059,91 pontos, repercutindo indicador econômico. A produção industrial da Alemanha ficou estável entre novembro e dezembro, ante expectativa de avanço de 0,6%.

Entre outros mercados, o índice Ibex 35, da Bolsa de Madri, avançou 0,05%, a 8.219,00 pontos, enquanto o PSI 20, de Lisboa, se fortaleceu 0,27%, a 4.854,49 pontos. (Eduardo Gayer/Estadão Conteúdo)

Comentários