Esporte São Bento

Zagueiro Dirceu quer confirmar retomada da carreira no São Bento

A estreia do Bentão será contra o Mirassol, provavelmente no dia 27 de fevereiro, em Sorocaba
Crédito da foto: Fábio Rogério (5/1/2021)

“Essa oportunidade que o São Bento está me dando me permitiu sonhar novamente com o futebol”. Assim o zagueiro Dirceu definiu a sua chegada ao clube sorocabano na coletiva de apresentação. Aos 33 anos, o jogador passou por momentos conturbados em 2020. Por conta da pandemia do coronavírus, a passagem pelo Vilafranquese, de Portugal, acabou sendo encurtada.

Com o retorno ao Brasil, as incertezas o fizeram ficar desempregado por cerca de três meses. Parar de jogar futebol era uma das alternativas. Mas uma proposta do Boa Esporte (MG) surgiu e o atleta topou o desafio. Apesar da queda dos mineiros na Série C do Campeonato Brasileiro, Dirceu chamou a atenção da comissão técnica de Edson Vieira e chega para reescrever a sua história e a do Bentão.

“Ao me despertar, eu lembro do propósito porque estou aqui. Quero alavancar a minha carreira novamente, sei que tenho condições. Consequentemente, eu estando bem, vou ajudar o São Bento da melhor maneira possível”, apontou.

Leia mais  O São Bento ideal

Experiente, o zagueiro foi revelado pelo Coritiba e já passou por clubes como Botafogo (SP), América (MG), Paysandu, Londrina, Figuerense, além de Marítimo, em Portugal, e Ratchaburi, na Tailândia. E a experiência será um fator importante para o elenco. “Hoje no futebol (a experiência) é fundamental. Ter os jovens, que tem um potencial enorme como vemos aqui no São Bento, e ter os experientes, para na hora de maior dificuldade poder mostrar o caminho para se encontrar o êxito”, contou.

A estreia do Bentão será contra o Mirassol, provavelmente no dia 27 de fevereiro, em Sorocaba. A data ainda não foi confirmada pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Uma boa arrancada é vista como preponderante para as ambições no campeonato. E a primeira missão está clara: manter o clube na divisão.

Em um ano de volta à elite estadual, direção, comissão técnica e jogadores têm claro na mente que a briga do time na competição será garantir que em 2022 o São Bento ainda esteja no Paulistão. “É natural, reflexo do que o clube passou na última temporada. A partir do momento que eu aceitei a vestir a camisa do São Bento, eu sei qual é o objetivo do clube e passa a ser meu também. O tom da palavra do dia a dia é esse”, pontuou Dirceu.

Recém-chegado, o zagueiro já aparece como um provável titular para formar a dupla de zaga com outro reforço do setor, Marcão. A direção ainda busca seis reforços para o torneio: um lateral-esquerdo, um volante, um meia e dois centroavantes. (Zeca Cardoso)

Comentários