Esporte

Warriors confirmam lesão no tendão e Durant está fora da final da NBA

O sexto jogo da série está marcado para quinta-feira (13), em Oakland
Kevin Durant, do Golden State Warriors, sofreu uma lesão no jogo contra o Toronto Raptors. Crédito da foto: Claus Andersen / Getty Images / AFP (10/6/2019)

O Golden State Warriors sobreviveu nas finais da NBA com uma emocionante vitória sobre o Toronto Raptors por 106 a 105, na noite de segunda-feira (10), no Canadá, para diminuir a desvantagem na série melhor de 7 para 3 a 2, mas teve uma notícia arrasadora depois da partida. Gerente da franquia de Oakland, Bob Myers anunciou em entrevista coletiva que o astro Kevin Durant sofreu uma lesão no tendão de Aquiles durante o segundo quarto.

Esse era o primeiro jogo do ala desde o dia 8 de maio, quando sentiu problema muscular na panturrilha em um confronto contra o Houston Rockets, pelas semifinais da Conferência Oeste. “Kevin teve uma lesão no Aquiles. Não sabemos a gravidade ainda da lesão, ele vai fazer uma ressonância nesta terça-feira. Antes de voltar, passou as últimas quatro semanas com o time de médicos especialistas, nos sentimos bem com o processo. Ele estava liberado para jogar, foi uma decisão colaborada. Acredito não ser culpa de ninguém, mas conheço esse mundo e se tiverem que culpar alguém, me culpem. Eu sou o responsável pelas operações desse time”, disse Myers após o jogo, mostrando muita emoção em suas palavras, tentando conter o choro.

Enquanto esteve em quadra – voltou ao time como titular -, Durant jogou pouco mais de nove minutos e contribuiu com 11 pontos. Logo no início do segundo quarto, o astro voltou a sentir a lesão na perna. Em uma tentativa de jogada no ataque, diante da marcação de Serge Ibaka, pisou com mais força e logo foi ao chão. Teve de deixar a quadra diretamente para os vestiários e, depois do intervalo, foi embora do ginásio usando muletas.

Pouco depois do final da partida, Durant postou uma mensagem em suas redes sociais. “Nação “Dub” (apelido dos fãs dos Warriors) vai fazer barulho para *** no Jogo 6. Estou profundamente ferido na alma neste momento, não posso mentir. Mas ver meus irmãos arrancarem essa vitória foi como tomar uma dose de tequila, ganhei nova vida”, escreveu.

Seus companheiros nos Warriors também lamentaram a lesão. “Ele deu tudo o que tinha, entrou em quadra, se sacrificou. Sinto muito por ele. Para ser honesto, ninguém deveria passar por situações como essas”, disse o armador Stephen Curry. “É muito chato. Me sinto péssimo por ele. Não sabemos a extensão da lesão, mas isso é muito ruim. Ele colocou tudo na linha, voltou para competir no mais alto nível. É um dos melhores de todos os tempos. Queremos tentar ganhar isso por ele. Sentimos muita falta”, completou o ala Klay Thompson.

Sobrevida

O Golden State Warriors ganhou sobrevida na busca pelo tricampeonato consecutivo da NBA. Nesta segunda-feira (10), o time de Oakland superou o Toronto Raptors por 106 a 105 no Canadá e diminuiu a sua desvantagem na decisão para 3 a 2, frustrando a torcida local, que esperava celebrar em casa a conquista do título inédito.

Para seguir vivo na decisão, os Warriors precisaram superar o revés de perder Kevin Durant, que fazia seu retorno ao time, no começo do segundo período, com uma nova lesão. E ainda ficou sem Kevon Looney, também contundido. Além disso, chegou a estar em desvantagem de 103 a 97 antes de conseguir a virada definitiva que assegurou o seu triunfo numa partida em que liderou o placar durante quase todo o tempo.

Leia mais  Handebol começa com equilíbrio nos Jogos Escolares de Sorocaba

 

O sexto jogo da série está marcado para quinta-feira (13), em Oakland. E caso os Warriors obtenham novo triunfo, o sétimo e definitivo confronto da final da NBA será no próximo domingo, mas em Toronto. (Estadão Conteúdo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO