Esporte

Vôlei Itapetininga perde primeira semifinal da Superliga

Minas conseguiu fazer 3 sets a 0, com parciais de 25/21
Minas e Itapetininga se encontram na primeira partida da série semifinal, em Saquarema. Crédito da foto: William Lucas/Inovafoto/CBV.

Abrindo a série semifinal da Superliga Masculina de Vôlei, na bolha do CDV, em Saquarema (RJ), o Vôlei Itapetininga tentou, mas acabou derrotado pelo Minas Tênis Clube por 3 sets a 0, com triplo 25/21. Esta é a primeira vez que a equipe, comandada por Peu Uehara, está entre as quatro melhores do Brasil, mas, com o resultado, sai atrás na disputa por uma vaga na final.

O maior pontuador da partida foi Escobar, com 18 pontos, pelo lado do Minas, em time que é recheado de craques, como o levantador William e Honorato, eleito melhor da partida. Já do outro lado da quadra, quem se saiu melhor foi Adriano, com dez. Renan Buiatti, maior destaque dos paulistas, não apareceu tanto e marcou apenas seis vezes.

Minas e Itapetininga farão o segundo jogo da série no próximo sábado, às 19h, também em Saquarema e, caso necessário, o terceiro e decisivo confronto acontecerá na segunda-feira (12), também às 19h. Na outra chave da semifinal, Taubaté e Campinas decidirão quem será o outro finalista.

Leia mais  Roland Garros é adiado para ter público

O jogo

O primeiro ponto foi do Itapê, após o bloqueio mineiro mandar a bola para fora. A disputa foi acirrada, com um ponto para cada equipe, sem conseguir distanciamento – a maior diferença foi de três pontos até chegar ao 17 a 13, quando Peu pediu tempo. No entanto, os paulistas não reagiram o suficiente e permitiram que o adversário fechasse o primeiro set com 25/21.

No retorno, o Itapetininga conseguiu impor melhor seu ritmo e se aproveitou de alguns erros adversários (foram nove, no total), com dois pontos de bloqueio e dez de ataque. Quase ponto a ponto, porém, o Minas conseguiu ultrapassar e fechou novamente o set com vitória por 25/21.

No terceiro set, assim como nos anteriores, os paulistas começaram pontuando. O duelo continuou acirrado, e o Itapetininga gastou seus dois desafios logo no início, mostrando-se mais nervoso. Confirmando seu favoritismo, o Minas conseguiu ser superior mais uma vez e fechou o jogo com nova parcial de 25/21, mesmo com uma emocionante reação dos paulistas no finalzinho. (Marina Bufon)

Comentários