fbpx
Esporte

Vitória sobre o Internacional garante o Tricolor no G6

Além de garantir a vaga, a vitória alivia a pressão sobre a diretoria
Antony e Vitor Bueno marcaram os gols da vitória do Tricolor sobre o Inter, no Morumbi. Crédito da foto: Julio Zerbatto / Myphoto Press / Estadão Conteúdo (04/12/2019)

O São Paulo alcançou o objetivo que restava neste fim de temporada. Com a vitória sobre o Internacional por 2 a 1, nesta quarta-feira (4), no Morumbi, o time tricolor se garantiu na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2020. A uma rodada do término do Campeonato Brasileiro, a diretoria deve intensificar o planejamento para o próximo ano.

Além de garantir a vaga, a vitória alivia a pressão sobre a diretoria. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, viu conselheiros pedirem seu impeachment. Ele e o diretor de futebol, o ex-jogador Raí, que não deve permanecer no clube em 2020, foram novamente alvos de protestos de torcedores antes do jogo.

A vitória também foi importante para o técnico Fernando Diniz, outro criticado por torcedores e conselheiros. De um camarote do Morumbi, já que estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o treinador assistiu a uma boa atuação do São Paulo. O auxiliar Márcio Araújo foi quem comandou o time na beira do campo.

Leia mais  Priscilla Stevaux busca vaga nas Olimpíadas do Japão

O São Paulo foi melhor o jogo todo e não demorou a abrir o placar. Aos 15, Igor Gomes enfiou linda bola para Antony tocar na saída do goleiro Marcelo Lomba. A equipe girava a bola e era mais efetiva, algo que não vinha acontecendo nos últimos jogos. Em vez de passes laterais que pouco incomodam o adversário, o time conseguia achar espaços na defesa adversária e levar perigo.

Atrás, a melhor defesa do Brasileirão, agora com 29 gols sofridos, quase não teve trabalho. O Inter só foi assustar no fim do primeiro tempo, em chute de Nonato que passou perto da trave de Tiago Volpi.

O São Paulo ampliou logo aos três minutos do segundo tempo, em contra-ataque perfeito que iniciou com Tchê Tchê, passou por Antony e terminou com Vitor Bueno. Mesmo com a boa vantagem, a equipe continuou em cima e criou oportunidades para fazer o terceiro. O Inter, por sua vez, parecia inofensivo. Até que Guilherme Parede, aos 24 minutos, marcou em rebote de Tiago Volpi.

Leia mais  São Bento se classifica para 3ª fase da Copa São Paulo

O clima de festa no Morumbi, que recebeu público de mais de 30 mil pessoas após a diretoria ter diminuído os valores dos ingressos, passou a ser de apreensão. Afinal, um empate deixaria para a última rodada a decisão da vaga na fase de grupos da Libertadores. Mas o São Paulo se segurou e já poderá planejar 2020 antes mesmo de se despedir contra o CSA, na última rodada domingo. Já o Inter ainda busca se garantir na pré-Libertadores. (Estadão Conteúdo)

SÃO PAULO 2 X 1 INTERNACIONAL

São Paulo – Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Toró); Antony, Vitor Bueno (Liziero) e Pablo (Luan). Técnico: Márcio Araújo (auxiliar)

Internacional – Marcelo Lomba; Heitor (Sobis), Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Nonato (D’Alessandro) e Guilherme Parede; Neilton (Nico López) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Leia mais  Inter elimina Desportivo Brasil e avança às oitavas da Copa São Paulo

Gols – Antony, aos 15 minutos do primeiro tempo; Vitor Bueno, aos 3 minutos do segundo tempo; Guilherme Parece, aos 24 minutos do segundo tempo

Árbitro – Braulio da Silva Machado (SC)

Cartões Amarelos – Tchê Tchê, Vitor Bueno, Bruno Alves (São Paulo); Sobis, Cuesta; Uendel (Inter)

Público – 30.822 torcedores

Renda – R$ 487.784,00

Local – Morumbi

Comentários