Esporte

Tribunal da Suíça decide que Guerrero pode jogar no Flamengo

O craque peruano Paolo Guerrero pode jogar no Flamengo – determinou o Tribunal Federal da Suíça, alegando que “o efeito suspensivo” do recurso interposto pelo jogador contra a sua suspensão por um caso de doping ainda é “válido”. “O efeito suspensivo acordado pelo Tribunal Federal em 30 de maio de 2018 é atualmente válido”, respondeu um porta-voz do Tribunal Federal questionado pela AFP.

No final de maio, o Tribunal de mais alta instância na jurisdição suíça havia estimado que o “recurso interposto pelo jogador de futebol peruano Paolo Guerrero contra a sentença não motivada ditada pelo Tribunal Arbitral del Deporte (TAS)”, suspendendo-a, deveria estar acompanhada de um “efeito suspensivo”, o que permitiria ao jogador disputar a Copa do Mundo-2018. “Esta é válida enquanto o Tribunal Federal não autorizar outras medidas, ou até que se dite uma decisão final”, explicou o porta-voz do Tribunal.

Leia mais  Red Bull Bragantino assume liderança geral

Durante a Copa do Mundo na Rússia, Guerrero, maior artilheiro da história do Peru (36 gols em 91 partidas), marcou um gol na vitória de sua equipe sobre a Austrália (2-0) e deu uma assistência. Líder da seleção peruana, Guerrero havia testado positivo para um metabólito da cocaína, substância na lista de produtos proibidos da Agência Mundial Antidoping (AMA), em um teste realizado em 5 de outubro de 2017 depois de uma partida das eliminatórias da Copa do Mundo contra a Argentina.

O jogador se declarou inocente, mas teve que enfrentar uma suspensão de seis meses, ditada pela FIFA. Após um breve retorno aos tribunais em maio, o Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS) estendeu a punição para 14 meses, o que o tirava da Copa do Mundo. Até mesmo a AMA havia apelado, pedindo uma punição mais severa.

Consulta do Fla 

Mas o craque do Flamengo recorreu e um Tribunal Federal Suíço levantou provisoriamente a punição, ao ditar o “efeito suspensivo” da medida do TAS, permitindo a participação do jogador na Rússia-2018, onde o Peru foi eliminado na fase de grupos.

Leia mais  Intubado, Renan Dal Zotto passa por cirurgia vascular

O clube brasileiro, que fez a investigação na Suíça através de seus advogados, não revelou se pretende prolongar o contrato do peruano de 34 anos, que termina em 10 de agosto, embora pretenta fazer o jogador rubro-negro cumprir o calendário previsto até à data. O Brasileirão volta esta semana, assim como as competições internacionais na América do Sul.

O efeito suspensivo da medida, após o recurso apresentado, “continua em vigor até o final do processo perante o Tribunal Federal ou até que o Tribunal Federal decida anular o efeito suspensivo, algo que poderia fazer a partir dos argumentos do acórdão (do TAS) que sejam comunicados e a pedido de uma das partes”, explicou à AFP Matthieu Reeb, secretário-geral do TAS.

“Os argumentos da sentença do TAS devem estar prontos até o final de julho”, frisou o responsável, acrescentando que, se “o recurso de Guerrero for rejeitada pelo Tribunal Federal, os meses de remanescentes de suspensão (cerca de 8 meses) deverão ser cumpridos”.

Comentários