Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Tite escala Allan, Éverton Ribeiro e Jesus

12 de Novembro de 2020

Tite escala Allan, Éverton Ribeiro e Jesus A seleção brasileira realizou ontem o primeiro trabalho tático em Teresópolis. Crédito da foto: Lucas Figueiredo / CBF (11/11/2020)

O técnico Tite, da seleção brasileira, indicou ontem (11) qual será a formação titular da equipe para a partida de amanhã (13), contra a Venezuela, no Morumbi, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. E as principais incógnitas sobre a escalação começam a ser desvendadas. O time deve ter o volante Allan, o meia Éverton Ribeiro e o atacante Gabriel Jesus como titulares.

Em Teresópolis, o treinador teve pela primeira vez a oportunidade de trabalhar com o grupo completo e organizou um trabalho tático. A única ausência foi Neymar, que cumpre cronograma de recuperação de lesão na coxa esquerda. No restante, os demais jogadores se dividiram em duas equipes e Tite orientou uma formação que terá três mudanças em comparação ao time utilizado na rodada anterior.

Sem Casemiro, diagnosticado com o novo coronavírus, a equipe terá Allan, do Everton, no time titular. O meia Éverton Ribeiro, do Flamengo, substitui Philippe Coutinho, cortado por lesão. No ataque, Gabriel Jesus herda a vaga de Neymar. Com isso, a formação deve ter: Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Allan, Douglas Luiz e Éverton Ribeiro; Gabriel Jesus, Richarlison e Roberto Firmino.

Antes da partida contra a Venezuela o time fará hoje (12) um novo treino, também na Granja Comary, antes da viagem para São Paulo. Na capital paulista a seleção brasileira vai realizar algumas atividades no CT do São Paulo e até lá espera contar com Neymar. O camisa 10 tem a previsão de retornar ao time titular na próxima terça-feira, contra o Uruguai, em Montevidéu.

A seleção brasileira também ensaiou uma formação reserva no trabalho de ontem: Ederson; Gabriel Menino, Diego Carlos, Felipe e Alex Telles; Bruno Guimarães, Arthur e Lucas Paquetá; Vinicius Jr, Everton Cebolinha e Pedro.

Sobre a ausência de Neymar, o atacante Gabriel Jesus afirmou ontem (11) que a seleção brasileira terá condições de vencer a Venezuela. Na opinião do jogador do Manchester City, a equipe já conseguiu provar que consegue se virar quando está sem o principal astro.

Árbitro polêmico apita Brasil x Venezuela

A Comissão de Arbitragem da Conmebol divulgou a arbitragem das partidas pela terceira e quarta rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. O paraguaio Juan Benítez, marcado por uma polêmica no ano passado, apita Brasil x Venezuela, amanhã (13), às 21h30.

No jogo entre Sportivo Luqueño e Nacional, pelo Campeonato Paraguaio, Benítez expulsou o jogador Marcos Riveros, do time de Luque. Depois do jogo, em casa, ele assistiu aos lances da partida e considerou a sua decisão injusta. Resolveu, então, enviar um informe à Associação Paraguaia de Futebol (APF) para anular a decisão, pois entendeu ter cometido um erro. O resultado foi uma suspensão de oito partidas, já que o tribunal disciplinar da APF considerou que houve erro administrativo.

Para a partida do Brasil contra o Uruguai, na terça-feira, em Montevidéu, a arbitragem será do chileno Roberto Tobar. Em 2019, ele esteve presente na final da Copa América entre Brasil e Peru, e a decisão da Copa Libertadores entre Flamengo e River Plate.

Os dois jogos de hoje (12) terão árbitros brasileiros. O goiano Wilton Pereira Sampaio apita Bolívia x Equador, em La Paz, às 17h. O paulista Raphael Claus foi escalado para Argentina x Paraguai, em La Bombonera, Buenos Aires, às 21h. (Ciro Campos - Estadão Conteúdo)