Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Tira-teima milionário

07 de Março de 2021

Tira-teima milionário Alan (dir.) no lugar do zagueiro Luan é mudança certa no Verdão. Crédito da foto: César Greco / palmeiras.com.br

O último jogo da longa e tumultuada temporada 2020 do futebol nacional será hoje, às 18h, com a definição do título da Copa do Brasil entre dois dos times mais “copeiros” do País. O Palmeiras recebe o Grêmio no Allianz Parque após ter vencido por 1 a 0 em Porto Alegre, mas ciente de que quando se trata desse tipo de confronto, não há favorito.

Para ser campeão, o time da casa joga por um empate. Se perder por um gol de diferença, a disputa vai para os pênaltis. Nesta temporada as duas equipes tiveram confrontos equilibrados e, em três compromissos, foram dois empates pelo Brasileirão por 1 a 1 e, no outro, vitória palmeirense no jogo de ida da final em Porto Alegre.

O Grêmio pode se tornar o maior campeão da Copa do Brasil, ao lado do Cruzeiro, se superar o Palmeiras e confirmar a sexta conquista. Para ter mais tranquilidade na final, a diretoria renovou o contrato do técnico Renato Gaúcho por mais uma temporada. O acordo anterior terminava hoje. Uma outra medida mexeu até com a logística da equipe. Na quinta-feira, o Grêmio deixou Porto Alegre e ficou concentrado em Atibaia, no interior de São Paulo. A medida foi para manter o elenco focado na decisão e evitar contaminação pela Covid-19 no deslocamento para casa ou no convívio com familiares. Toda a delegação passou os dias fechada em um resort.

Para o time gaúcho, o objetivo extra do título é garantir vaga na fase de grupos da Libertadores e conseguir um calendário mais tranquilo. Se for vice, o Grêmio já terá compromisso no meio de semana contra o Ayacucho, do Peru, em Porto Alegre. Ainda seria necessário jogar a partida de volta e mais outros dois compromissos da fase preliminar seguinte para chegar à etapa de grupos.

Os times devem ter poucas novidades na escalação em comparação ao jogo do domingo anterior. A mudança certa no Palmeiras é a saída do zagueiro Luan, suspenso pelo cartão vermelho recebido no Sul. Alan Empereur deve entrar no lugar.

A final da Copa do Brasil vale mais do que apenas o quarto título ao Palmeiras ou a sexta taça para o Grêmio. A competição é a mais valiosa do calendário nacional ao pagar ao campeão R$ 54 milhões. Pelo título brasileiro, o Flamengo recebeu um valor inferior: cerca de R$ 33 milhões.

O jogo sem a presença de público terá um esquema de segurança à altura de uma ocasião com lotação máxima. A Polícia Militar promete fazer uma grande operação nos arredores do estádio para coibir aglomerações de torcedores em bares e calçadas. Por isso, as ruas da região vão permanecer fechadas a partir das 14h. Em caso de título do Palmeiras, a circulação voltará ao normal só às 23h. (Ciro Campos - Estadão Conteúdo)

PALMEIRAS x GRÊMIO

Palmeiras - Weverton; Marcos Rocha, Empereur, Gustavo Gomez e Viña; Felipe Melo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Rony, Luiz Adriano e Wesley. Técnico: Abel Ferreira

Árbitro - Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ)

Local - Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Horário - 18h

Grêmio - Paulo Victor; Victor Ferraz, Paulo Miranda, Kannemann e Diogo Barbosa; Maicon, Matheus Henrique e Jean Pyerre; Alisson, Diego Souza e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho