fbpx
Esporte

Thiago Camilo e Bruno Baptista vencem no Velo Città; Átila é top-10

Átila Abreu liderou a segunda prova, mas teve problemas mecânicos e acabou em 10º
Thiago Camilo e Bruno Baptista vencem no Velo Città; Átila é top-10
Átila liderou a segunda corrida, mas teve problemas mecânicos. Crédito da foto: Divulgação/Bruno Terena

Thiago Camilo e Bruno Baptista venceram neste domingo (10) a rodada dupla da Stock Car no Velo Città, pela décima etapa da temporada 2019.

A rodada iniciou com chuva e terminou com pista seca, bagunçando o jogo de estratégias. Daniel Serra foi o terceiro em ambas e se isolou na liderança do campeonato, restando duas corridas.

Leia mais  Átila Abreu busca a segunda vitória no autódromo de Velo Città

 

A prova 1 teve início com a presença do Safety Car por conta do alto volume de água na pista, que foi se dissipando conforme as voltas se passavam. Felipe Fraga decidiu permanecer com pneus de chuva e só reabastecer, mas passou a andar quatro segundos acima de Camilo.

Ele efetuou a ultrapassagem tranquilamente, enquanto o piloto da Cimed foi despencando aos poucos até receber a bandeirada em sétimo. Gabriel Casagrande e Daniel Serra completaram o pódio, à frente de Cacá Bueno, Julio Campos e Ricardo Zonta.

O sorocabano Átila Abreu, que largou em sétimo, subiu para sexto logo nos primeiros minutos. O piloto da Shell V-Power manteve a posição até a parada obrigatória para troca de pneus e reabastecimento, quando o asfalto já estava praticamente seco.

Com pneus slicks na parte final da prova, o sorocabano voltou à pista no meio de um pelotão bastante embolado e cruzou a linha de chegada em décimo lugar, o que garantiu ao piloto do carro #51 a pole position na prova 2.

Prova 2

Já com a pista totalmente seca, Átila manteve a liderança após a largada da corrida 2 e controlou seus adversários para manter o primeiro lugar até o pit-stop obrigatório. Nos boxes, correu tudo bem, e Abreu segurou a liderança.

A segunda corrida, aliás, contou com um incidente polêmico entre Serra e Camilo nas duas primeiras curvas, com os dois se tocando quando o piloto da Ipiranga arriscou uma ultrapassagem por dentro. Por conta disso, Camilo, que retornou à pista de forma perigosa, chegou apenas em 19º.

Entretanto, a dez minutos do fim, a direção hidráulica do carro de Átila Abreu quebrou e começou um vazamento de óleo. Com dificuldade de segurar o carro nas voltas finais, Átila foi perdendo posições até receber a bandeirada final outra vez em décimo lugar.

“O carro quebrou, e fiquei sem direção hidráulica. Começou a vazar óleo na última curva, e fiquei sem direção nenhuma. Foi impossível andar rápido com esse carro, se tivesse mais duas voltas, teria de parar, não aguentava mais virar. Dei muitas voltas sem direção”, lamentou o sorocabano.

Bruno Baptista havia partido da terceira posição e venceu a prova com 1s445 de vantagem para Diego Nunes, com Daniel Serra novamente em terceiro.

A próxima etapa, última antes da final, está marcada para o dia 24 de novembro, em Goiânia. (Da Redação)

Resultado – Corrida 1

1 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 25 voltas em 45:25:00
2 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 8.000
3 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 15.566
4 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 16.196
5 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 18.902
6 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 20.328
7 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 21.851
8 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a 27.585
9 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 28.070
10 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 29.618
11 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a 32.058
12 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 32.215
13 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), a 35.183
14 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 37.298
15 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 38.678
16 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 40.270
17 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 40.494
18 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 54.246
19 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 55.822
20 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 1:15.210
21 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 1 volta
22 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 1 volta
23 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 1 volta
24 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 2 voltas
25 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 3 voltas

Não completaram
26 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 9 voltas
27 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 23 voltas

Resultado – Corrida 2

1 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 28 voltas em 47:29:00
2 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 1.445
3 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 1.611
4 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 2.635
5 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 10.387
6 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), a 11.223
7 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 11.621
8 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 12.233
9 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 15.678
10 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 17.630
11 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 18.344
12 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 18.359
13 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a 18.694
14 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 18.867
15 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 20.717
16 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 25.495
17 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 28.042
18 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 30.665
19 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), a 31.078
20 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 32.797
21 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 33.160
22 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 35.853
23 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 53.009

Não completaram
24 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 19 voltas
25 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 24 voltas
26 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 27 voltas
27 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 27 voltas

Comentários