Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Stock Car muda regras para 2021

23 de Março de 2021

Stock Car muda regras para 2021 O calendário das provas ainda não foi divulgado. Crédito da foto: Duda Bairros / Vicar (3/10/2020)

A empresa que promove a Stock Car anunciou ontem (22) o novo formato das etapas que serão disputadas em 2021. A categoria terá dois competidores da região: o sorocabano Átila Abreu, da Pole Motorsport / Shell V-Power, e Sergio Jimenez, de Piedade, que correrá pela Maxon Oil / MX Piquet Sports.

A principal novidade é a realização de duas corridas seguidas em um inédito formato “non-stop” em cada uma das 12 etapas. A primeira prova terá 25 minutos e, sem parar os carros no grid, os pilotos farão uma volta de realinhamento, com inversão dos dez primeiros. A seguir, a direção de provas dará a largada para os 20 minutos da corrida 2, em estilo sprint, com pilotos e carros em regime máximo durante todas as voltas.

Com 12 etapas previstas para 2021, a Stock Car somará 24 corridas no ano -- contra 18 no ano passado --, sendo duas por etapa. Serão, ao todo, 12 etapas no ano, mas distribuídas em dez eventos. Dez etapas serão realizadas no domingo e duas acontecerão aos sábados, em datas e locais a definir. Haverá transmissão em TV aberta pela Band.

Largar na pole, agora, concederá dois pontos ao melhor piloto. A formação de largada da segunda prova das etapas será feita pelo resultado da corrida 1, mas com os dez primeiros invertendo a posição durante a volta de realinhamento que separará as duas provas.

A Stock estreou em 2020 o descarte dos três piores resultados. Foi uma das temporadas mais disputadas da história, com 13 vencedores em 18 largadas e grids com mais de 20 carros em menos de meio segundo. Agora será permitido descartar quatro resultados, oferecendo ainda mais oportunidades de tirar da conta situações imprevistas ou injustas, como acidentes ou furos de pneu.

Pontuação

Cada uma das 24 corridas de 2021 registrará pontos individualmente, no mesmo sistema de 2020. A primeira prova terá pontuação maior, iniciando com 30 pontos para o vencedor, 26 para o segundo e 22 para o terceiro colocado, chegando ao 20º classificado, que ganhará um ponto.

Com duração mais curta, a prova complementar dá ao vencedor 24 pontos, com 20 para o segundo e 18 para o terceiro colocado, também chegando ao 20º classificado com um ponto. A pole da corrida 01 valerá dois pontos extras.

A partir de agora, o lastro (peso extra) de sucesso chegará até o sexto colocado. Em 2020 ia apenas até o quinto melhor posicionado no campeonato. A distribuição é esta: 30, 25, 20, 15, 10 e 5k. O pit-stop, antes feito nas duas provas, agora será somente na corrida 1 da etapa. Já as regras para o fan push permanecem iguais. (Da Redação)