Esporte

Stock Car: Átila Abreu sobe ao pódio na etapa de Londrina

Piloto sorocabano terminou a primeira prova em décimo e a segunda em terceiro
Átila Abreu subiu ao pódio da segunda corrida em Londrina. Crédito da Foto: José Mário Dias/Divulgação

Depois de um início de campeonato conturbado, o sorocabano Átila Abreu (Shell V-Power) fechou a primeira das duas provas de Londrina em décimo e a segunda em terceiro depois de largar na pole, neste domingo (9), e levantou seu primeiro troféu na temporada da Stock Car.

Thiago Camilo (Ipiranga Racing) ganhou a primeira prova,  e Ricardo Maurício (Eurofarma RC) faturou a segunda.

Leia mais  Recuperado e sem dores, Átila Abreu volta a pilotar na Stock Car

 

O ano começou difícil para Átila Abreu. Batida no quali da etapa inaugural, no Velopark, tirou o sorocabano das duas primeiras corridas. Na etapa passada, em Goiânia, a máquina apresentou falhas desde o primeiro treino, impedindo o maior vencedor da categoria em 2018 de efetivamente competir.

Já em Londrina, as coisas funcionaram melhor e ele foi capaz de sair da etapa como um dos maiores pontuadores do fim de semana. Mais uma vez Átila venceu a enquete do Fan Push -e o acionamento adicional do botão de ultrapassagem foi decisivo para garantir o terceiro lugar na segunda bateria.

Na primeira corrida, Átila manteve o décimo lugar na largada e a seguir usou o botão de ultrapassagem para assumir o nono posto e abrir boa distância. Ele então permaneceu na pista até a penúltima volta da janela de pit stops obrigatórios.

Voltou na 12ª posição e a seguir ganhou mais um posto. Depois foi favorecido pelo acréscimo de 30s ao tempo de prova de outro piloto por infração no pit-stop e promovido a décimo -com direito a pole na corrida 2.

Com bom desempenho na primeira metade da corrida, o sorocabano abriu uma boa vantagem para o segundo colocado e teve tranquilidade para fazer a sua parada de box com cerca de 2s5 de vantagem sobre o vice-líder.

Após a parada, o piloto do carro #51 voltou na segunda posição. Ele foi muito atacado por um adversário que havia sacrificado sua primeira corrida e tinha o equipamento em melhores condições. Com o Fan Push, tentou neutralizar as investidas, mas a diferença de rendimento era grande e Átila teve que se contentar com o terceiro lugar.

“É bom estar de volta ao pódio. Pela primeira corrida, sabia que seria difícil ganhar, nosso pneu teve um desgaste um pouco excessivo. Acabei perdendo a liderança na parada de box e aí fiz uma corrida para terminar no pódio. Acabei ficando sem pneus nas últimas voltas, mas salvei o terceiro lugar”, comentou Átila, dizendo-se feliz pelo resultado.

A Stock Car tem sua próxima rodada dupla em Santa Cruz do Sul, no dia 21 de julho. A cidade no interior gaúcho marcou uma das quatro vitórias de Átila em 2018. “O campeonato começa agora para mim, meu objetivo era o título, mas sei que é complicado. Agora quero ser protagonista e vencer corridas. Vamos continuar trabalhando e melhorar nosso desempenho”, finalizou o sorocabano. (Da Redação)

Corrida 1

1 – Thiago Camilo (Ipiranga Racing), 33 voltas em 43min17s
2 – Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), a 0.575
3 – Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), a 17.260
4 – Daniel Serra (Eurofarma RC), a 19.176
5 – Felipe Fraga (Cimed Racing), a 21.427
6 – Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), a 22.846
7 – Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 23.972
8 – Marcos Gomes (KTF Sports), a 26.611
9 – Marcel Coletta (Crown Racing), a 28.173
10 – Átila Abreu (Shell V-Power), a 28.800

Corrida 2

1 – Ricardo Maurício (Eurofarma RC), 33 voltas em 44min26s
2 – Bruno Baptista (RCM Motorsport), a 0.315
3 – Átila Abreu (Shell V-Power), a 3.500
4 – Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), a 3.826
5 – Diego Nunes (KTF Sports), a 4.408
6 – Felipe Fraga (Cimed Racing), a 5.239
7 – Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), a 9.008
8 – Rubens Barrichello (Full Time Sports), a 9.610
9 – Thiago Camilo (Ipiranga Racing), a 15.545
10 – Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), a 15.842

Comentários

CLASSICRUZEIRO