Esporte

Sorteio define final no Allianz Parque

De acordo com o cronograma divulgado pela CBF nesta semana, as datas da decisão da Copa do Brasil sofreram uma alteração
Taça estará em jogo nos dias 11 e 17 de fevereiro. Crédito da foto: Lucas Figueiredo / CBF

A grande decisão da Copa do Brasil será no Allianz Parque, em São Paulo. Em um sorteio realizado ontem (14) na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, com as presenças dos técnicos Abel Ferreira e Renato Gaúcho, ficou definido que Palmeiras e Grêmio começarão a final do torneio em Porto Alegre, na Arena do Grêmio, e farão o segundo jogo na capital paulista.

De acordo com o cronograma divulgado pela CBF nesta semana, as datas da decisão da Copa do Brasil sofreram uma alteração em relação ao que estava programado originalmente. Os jogos seriam nos dias 3 e 10 de fevereiro, mas a presença do Palmeiras na final da Copa Libertadores contra o Santos, no próximo dia 30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, fez os duelos passarem para 11 e 17 de fevereiro.

Leia mais  Supercopa é rota do Magnus até a América

Mas ainda há a possibilidade de uma nova mudança de datas. Isso vai acontecer se o Palmeiras conquistar o título continental. Como o clube alviverde terá que disputar o Mundial de Clubes da Fifa, entre 1 e 11 de fevereiro, no Catar, a decisão da Copa do Brasil passaria então para os dias 28 de fevereiro e 7 de março, logo após a 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro e já pegando datas reservadas para os campeonatos estaduais.

O português Abel Ferreira gostou do sorteio, mas disse que seria melhor para o Palmeiras se tivesse a presença da torcida. “A torcida é um acréscimo de energia, mas como eu disse, para mim é igual. Depende muito do primeiro jogo. A gente veio com vantagem da Argentina, mas vocês viram o quão difícil foi. Cada jogo tem sua história, particularidades diferentes. Já há um conhecimento mútuo, o Renato sabe como o Palmeiras joga, o Palmeiras sabe como eles jogam. Que seja um grande espetáculo, que vença o melhor, espero que seja o Palmeiras”, disse.

Renato Gaúcho seguiu a mesma linha. “Eu gostaria muito de decidir em casa, mas isso não foi possível. Hoje em dia não tem gol qualificado e como o Abel falou, não muda muito. O Grêmio joga da forma que ele joga, vamos jogar dessa forma contra o Palmeiras. Como o Abel falou, conhecemos eles e eles nos conhecem. São dois grandes times”, afirmou o treinador gremista. (Estadão Conteúdo)

Leia mais  RBR quer produzir seu próprio motor

 

Comentários