Esporte

São Paulo perde do Novorizontino por 2 a 1

São Paulo perde do Novorizontino por 2 a 1
Guilherme Queiroz fez o gol da vitória do Tigre, com falha de Volpi. Crédito da foto: Jéssica Santana / Framephoto / Estadão Conteúdo (13/3/2021)

O São Paulo sofreu a primeira derrota sob o comando de Hernán Crespo. Ontem (13), diante do Novorizontino, fora de casa, a equipe não teve o mesmo ímpeto das goleadas sobre Inter de Limeira e Santos e acabou sendo derrotada por 2 a 1, no Estádio Jorge Ismael de Biasi. O resultado pode custar a liderança do Grupo B ao Tricolor, já que a Ferroviária enfrenta o Palmeiras hoje (14). O Tigre conquistou a primeira vitória no torneio e chegou a cinco pontos no Grupo C.

O jogo começou sob forte calor e fez com que os times maneirassem no ritmo. Nas melhores oportunidades, Pablo preferiu simular um pênalti em vez de finalizar e Rodrigo Nestor cruzou da direita, ninguém completou e Reinaldo tentou cruzar mais uma vez na esquerda, mas a zaga rebateu para escanteio.

Depois da parada técnica, o São Paulo manteve a posse de bola, mas sem finalizar. O castigo chegou nos minutos finais do primeiro tempo. Após boa troca de passes, Cléo Silva finalizou e Volpi espalmou. Jenison disputou com Bruno Alves e o zagueiro do São Paulo tocou na bola, que sobrou para o mesmo Cléo Silva conferir. O VAR confirmou que a bola veio do defensor tricolor, tornando o gol legal.

Leia mais  Atletas olímpicos do Brasil farão curso contra racismo

Vendo lentidão na saída de bola, Crespo colocou Rojas, mudando o esquema tático para um 4-3-3. E foi premiado: o atacante equatoriano empatou logo no início. Depois de ficar dois anos parado por conta de lesões, ele marcou pela segunda vez em quatro jogos no Paulistão.

Após o gol, o São Paulo diminuiu a pressão e voltou a ter uma criação de jogadas mais lenta. O Novorizontino aproveitou o momento e voltou a levar perigo. Volpi defendeu finalizações de Jenison, Cleo Silva e Murilo Queiroz. Aparentando estar mais inteiro fisicamente, o time do interior aproveitou um erro de Reinaldo, que tentou recuar e acabou dando assistência para Guilherme Queiroz, que bateu forte. Volpi aceitou.

No final, os jogadores tricolores ainda reclamaram de um pênalti não marcado de Giovanni em Luciano. (Luis Filipe Santos – Estadão Conteúdo)

NOVORIZONTINO 2 x 1 SÃO PAULO

Novorizontino – Giovanni; Felipe Rodrigues, Robson, Bruno Aguiar e Paulinho; Léo Baiano, João Pedro (Lepu), Danielzinho (Douglas Baggio) e Murilo Rangel; Cléo Silva (Ricardo Luz) e Jenison (Guilherme Queiroz). Técnico: Léo Condé

Leia mais  São Paulo goleia e impressiona

São Paulo – Tiago Volpi; Bruno Alves, Luan e Rodrigo Freitas (Joao Rojas); Igor Vinícius, Rodrigo Nestor (Tchê Tchê), Daniel Alves, Gabriel Sara (Vitor Bueno) e Reinaldo; Luciano e Pablo. Técnico: Hernán Crespo

Gols – Cléo Silva, aos 46 minutos do 1º tempo; Joao Rojas, aos 10, e Guilherme Queiroz, aos 37 minutos do 2º tempo

Árbitra – Edina Alves Batista

Local – Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP)

Comentários