Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

São Paulo não consegue passar pelo Grêmio e é eliminado

31 de Dezembro de 2020

São Paulo não consegue passar pelo Grêmio e é eliminado Empate por 0 a 0 no Morumbi beneficiou os gaúchos, que haviam vencido em casa. Crédito da foto: Rubens Chiri / SAOPAULOFC.NET (30/12/2020)

O São Paulo não conseguiu passar nesta quarta-feira (30) pelo Grêmio, no Morumbi, e viu o adversário classificar-se para mais uma final da Copa do Brasil. O Imortal, que havia triunfado em Porto Alegre por 1 a 0, buscará diante do Palmeiras o seu sexto título para se igualar ao Cruzeiro como o maior vencedor da competição. As finais serão disputadas nos dias 3 e 10 de fevereiro.

Já sem poder contar com Reinaldo, suspenso, o São Paulo ainda ficou sem Luciano, lesionado e substituído por Tchê Tchê. O Grêmio, sem Geromel e Maicon, teve Lucas Silva para reforçar a marcação e a presença de Alisson no setor ofensivo. E quem mais sentiu falta das suas referências foi o São Paulo.

O Grêmio se fechava bem na defesa e saía bem quando avançava a marcação. Teve assim, boas chances para abrir o placar, com Victor Ferraz, que acertou a trave após uma cobrança de escanteio, e Diego Souza, que disparou uma linda bicicleta, além de uma tentativa de fora da área de Pepê.

O São Paulo não conseguia acelerar o jogo. Praticamente só o fez com êxito uma vez nos 45 minutos iniciais, quando uma trama que envolveu Tchê Tchê e Juanfran terminou com a finalização de Gabriel Sara. Mas era muito pouco para quem precisava vencer no Morumbi.

O cenário não mudou no segundo tempo. O São Paulo tinha a posse de bola, mas não sabia o que fazer para abrir espaços na fechada defesa do Grêmio ou mesmo para acionar o artilheiro Brenner. Isso levou Diniz a trocar duas peças defensivas -- Léo e Luan -- por jogadores ofensivos, casos de Toró e Vitor Bueno pouco antes do 20º minuto.

Mas o duelo não mudou. O São Paulo, pouco criativo, sem dribles para abrir a defesa, mal conseguia finalizar. Ainda colocou mais dois atacantes, Paulinho e Tréllez, mas não adiantou, pois o time gaúcho se fechou ainda mais, com a entrada de um terceiro zagueiro e segurou a pressão com cruzamentos do adversário. Assim, quem avançou foi o Grêmio, mais uma vez finalista da Copa do Brasil. (Leandro Silveira - Estadão Conteúdo)

São Paulo 0 x 0 Grêmio

São Paulo - Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves (Paulinho Bóia), Arboleda e Léo (Toró); Luan (Vitor Bueno), Tchê Tchê (Hernanes), Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes (Tréllez); Brenner Técnico: Fernando Diniz

Grêmio - Vanderlei; Victor Ferraz (Ferreira), Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Lucas Silva e Jean Pyerre (Darlan); Alisson (Thaciano), Pepê (Everton) e Diego Souza (Paulo Miranda). Técnico: Renato Gaúcho

Árbitro - Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ)

Cartões amarelos - Matheus Henrique, Juanfran, Bruno Alves, Thaciano e Toró

Cartões vermelhos - Tréllez e Fernando Diniz

Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)