São Bento

São Bento e Figueirense empatam sem gols no Brasileiro da Série B

O resultado manteve a equipe de Sorocaba na zona de rebaixamento
Campeonato Brasileiro de Futebol da Série B
Lance da partida entre São Bento e Figueirense no Estádio Municipal Walter Ribeiro, em Sorocaba. Crédito da foto: Fábio Rogério (6/9/2019)

Na estreia de Milton Mendes no comando do São Bento, o clube sorocabano não conseguiu sair do 0 a 0 com o Figueirense, ontem, em Sorocaba. O Azulão fez um primeiro tempo de muita intensidade, mas pecou nas finalizações. Até os 15 minutos da segunda etapa manteve o ímpeto, mas caiu na meia hora final.

Com o empate, o Bentão segue na zona do rebaixamento, agora com 20 pontos, na 18º colocação. O Figueirense é o 16º, com 22 pontos. A próxima partida do time sorocabano é na sexta-feira (13), às 19h15, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. Os catarinenses recebem o Sport, no domingo, às 16h.

O São Bento começou o jogo pressionando o Figueirense e criou a primeira chance aos 4 minutos. Na cobrança de falta de Marcos Martins, a bola sobrou para Caio Rangel finalizar com perigo, do lado direito do goleiro Matheus Vidotto.

A disposição dos jogadores beneditinos era uma resposta ao que o novo técnico disse que cobraria: entrega. Com velocidade, a segunda oportunidade de gol pintou com Caio Rangel, que bateu cruzado para a boa defesa de Vidotto.

O zero quase saiu do placar quando, após recuo de Zé Antônio, que não olhou o posicionamento de Matheus Vidotto, o volante por pouco não fez um gol contra.

Em seguida, os atacantes beneditinos botaram pressão na saída de bola e a zaga catarinense errou o passe; Caio Rangel, mais uma vez, ficou cara a cara com Matheus Vidotto, mas bateu em cima do goleiro e perdeu uma enorme oportunidade de abrir o placar.

O nome do primeiro tempo foi mesmo Matheus Vidotto. Após jogada de Paulinho Boia pela direita, o camisa 11 cruzou para Zé Roberto, que finalizou um pouco desequilibrado, mas mesmo assim obrigou o goleiro catarinense a fazer uma defesa e tirar a bola quase de dentro do gol.

A segunda etapa começou da mesma maneira. O São Bento pressionando e com intensidade, mas pecando na hora da finalização. O Figueirense pouco assustava.

Aos 23 minutos, Fabrício Oya, que entrou no lugar de Paulinho, cruzou para dentro da área e quase fez o gol direto, mas o zagueiro Ruan Renato estava atento e afastou de cabeça.

O Figueirense assustou aos 29 minutos. Robertinho bateu colocado de fora da área e obrigou Renan Rocha a fazer grande defesa. Os catarinenses começaram a “gostar do jogo” e tiveram mais uma chance com Rafael Marques, que finalizou pra fora.

O São Bento passou a demonstrar nervosismo nos minutos finais. Errava no passe final e quando arriscava as finalizações de fora da área, pecava na pontaria. E não conseguiu tirar o zero do placar. (Zeca Cardoso)

SÃO BENTO X FIGUEIRENSE

São Bento – Renan Rocha; Marcos Martins, Gérson, Joílson e Guilherme Romão; Fábio Bahia e Paulinho (Fabrício Oya); Paulinho Boia, Cafu (Doriva) e Caio Rangel (Matheus Guarujá); Zé Roberto. Técnico: Milton Mendes

Figueirense – Matheus Vidotto; Kauê, Alemão, Ruan Renato e Héliton; Zé Antônio, Betinho e Tony; Victor Guilherme (Andrigo), Robertinho (Everton Santos) e Yuri Mamute (Rafael Marques). Técnico: Vinícius Eutrópio

Árbitro – Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)

Cartões Amarelos – Paulinho e Zé Roberto (São Bento); Victor Guilherme, Toni e Héliton (Figueirense)

Público – 2.080 (público total)

Renda – R$16.345,00

Local – Estádio Walter Ribeiro (CIC)

Próximos jogos

O próximo jogo do São Bento será contra o Botafogo-SP. A partida será disputada sexta-feira (13), às 19h15, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Já o Figueirense receberá o Sport. O confronto ocorrerá no dia 15, às 16h, no Estádio Orlando Scarpelli.

Campeonato Brasileiro da Série B
Integrantes do Tiro de Guerra de Sorocaba durante a execução do Hino Nacional. Crédito da foto: Fábio Rogério (6/9/2019)

Antes da partida

Antes do início do jogo, integrantes do Tiro de Guerra de Sorocaba estiveram no gramado do Walter Ribeiro. Em formação, eles executaram o Hino Nacional com as duas equipes em campo. (Da Redação)

Leia mais  10º Torneio Crossfit Brasil na Arena Sorocaba tem segundo dia de provas
Comentários

CLASSICRUZEIRO