fbpx
São Bento

São Bento cede empate ao Criciúma e continua na lanterna da Série B

Placar de 1 a 1 em Santa Catarina mantém o Azulão na última posição do Brasileiro Série B
São Bento saiu na frente, mas cedeu o empate ao Criciúma. Crédito da Foto: Fernando Ribeiro/Futura Press/Estadão Conteúdo (2/11/2019)

O São Bento saiu na frente do Criciúma, neste sábado (2), em Santa Catarina, mas cedeu o empate ao adversário e permanece na lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, com 29 pontos.

A partida foi válida pela 32ª rodada da competição, restando agora seis rodadas para o Azulão tentar escapar do rebaixamento à Série C.

A distância para o primeiro time fora da degola, o Londrina, é de seis pontos.

Leia mais  São Bento é incógnita em Criciúma no jogo deste sábado (2)

 

O técnico Milton Mendes escolheu o lateral-esquerdo Guilherme Romão escalado para a vaga do atacante Minho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e viu seu time criar a primeira chance de gol do jogo. Paulinho Boia finalizou de fora da área e mandou a bola com perigo ao lado esquerdo do gol catarinense.

Aos 31 minutos, os catarinenses assustaram. Em subida pelo lado esquerdo, Marlon cruzou; Henal saiu mal do gol e Andrew cabeceou livre de marcação, mas mandou para fora.

O São Bento abriu o placar aos 43 minutos do primeiro tempo. Com um passe magistral de Rodolfo para Zé Roberto, o camisa 9 teve muita tranquilidade para driblar o zagueiro catarinense e finalizar de pé direito.

Porém, no lance seguinte, o Tigre empatou o jogo. Cruzamento de Andrew na cabeça de Marlon: 1 a 1.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Bentão teve boa chance de gol com Paulinho, que finalizou por cima do travessão.

Depois, Caio Rangel puxou contra-ataque mas parou na defesa de Gianezini. O são-bentista podia tocar a bola para Paulinho Boia ou Rodolfo, livres na grande área, mas optou pelo chute.

Aos 20 minutos, o Azulão ficou com um a menos. Paulinho Boia seria substituído por Raphael Martinho, mas acabou expulso após discutir com o árbitro Ronei Cândido Alves por onde deveria deixar o gramado. Ele levou o segundo amarelo e, por consequência, o vermelho.

Mesmo com um a menos, o São Bento quase passou à frente do marcador, em lançamento de Rodolfo para Zé Roberto: o camisa 9 ganhou do goleiro Gianezini e finalizou para fora.

A desvantagem fez o Azulão ser pressionado e Henal fez quatro defesas importantes para manter o placar empatado. Já nos acréscimos, o zagueiro Gérson levou o segundo amarelo por falta na entrada da área e recebeu o vermelho.

O São Bento volta a jogar na terça-feira (5), às 21h30, contra a Ponte Preta, em Campinas. (Da Redação)

Ficha técnica

Criciúma 1 x 1 São Bento

Criciúma – Luiz (Gianezini); Carlos Eduardo (Vinícius), Sandro, Liel e Marlon; Eduardo, Wesley, Foguinho e Daniel Costa; Andrew e Luquinha (Reinaldo). Técnico: Roberto Cavalo

São Bento – Henal; Marcos Martins (Dudu Vieira), Alisson, Gérson e Mansur (Caio Rangel); Fábio Bahia, Paulinho, Guilherme Romão e Rodolfo; Paulinho Boia e Zé Roberto (Pablo). Técnico: Milton Mendes

Árbitro – Ronei Cândido Alves (MG)

Gols – Zé Roberto,aos 43 minutos do 1º tempo (São Bento); Marlon, aos 44 minutos do 1º tempo (Criciúma)

Cartões amarelos – Eduardo, Roberto Cavalo, Sandro, Foguinho e Andrew (Criciúma); Alisson, Paulinho Boia, Gérson e Paulinho (São Bento)

Cartões vermelhos – Wesley (Criciúma); Paulinho Boia e Gérson (São Bento)

Renda – R$ 115.800,00

Público – 8.176 pagantes

Local – Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

Comentários

CLASSICRUZEIRO