fbpx
São Bento

São Bento aprimora a ‘agressividade’ antes do retorno da Série B

Na 16ª colocação, o Azulão está fora da zona do rebaixamento apenas por conta dos critérios de desempate
São Bento aprimora a ‘agressividade’
Os treinos da intertemporada visam deixar o time mais incisivo. Crédito da foto: Emidio Marques

O São Bento está na segunda semana da intertemporada. E não é a primeira vez que a equipe sorocabana fica um período sem jogos no ano. Após o término do Campeonato Paulista, foram cerca de 30 dias de pausa até o início da Série B. Agora, em função da Copa América, há mais um recesso nas partidas, que é visto como interessante pelo grupo.

“Acho que para a gente essa parada está sendo essencial. Mas só vai ser concretizada se conseguirmos os resultados. Então, a gente está treinando olhando para o trem atrás. Estamos olhando para o bloquinho de trás, tentando sair desta situação. Nessa parada ficamos, pelo menos, fora da zona do rebaixamento. Os treinamentos estão muito bons”, explicou o volante Doriva.

Na 16ª colocação, o Azulão está fora da zona do rebaixamento apenas por conta dos critérios de desempate, já que está com os mesmos sete pontos que o Operário-PR, primeiro clube dentro do Z4. As últimas três partidas na competição, foram três derrotas. Jogos que poderiam ter um melhor destino se a equipe tivesse um pouco mais de agressividade e pontaria. Foco principal nos treinos.

“Estamos trabalhando um pouquinho mais de agressividade quando não temos a posse de bola. E também ser mais agressivo com a bola. Ter mais infiltração, ser mais incisivo e caprichar no último passe. Ser mais decisivo. No último jogo nós tivemos umas cinco oportunidades, se fizéssemos um gol, poderíamos ter evitado a derrota ou ganho o jogo” relatou Doriva.

Leia mais  São Bento fará jogos-treino contra São Paulo e Santos

 

Na atividade de ontem, foi justamente o que pode ser visto no trabalho de campo. As defesas eram compostas por oitos jogadores, formando duas linhas de quatro e o ataque trabalhava com outros oito atletas, que buscavam furar o bloqueio defensivo com jogadas laterais e de ultrapassagem. O contra-ataque também teve a atenção da comissão técnica.

Três jogadores ainda permanecem no departamento médico. O zagueiro Luizão, o volante Feijão e o atacante Rafael Silva sofrem com problemas musculares. O restante do grupo segue trabalhando normalmente durante a semana. Elenco, que pode contar com um novo atleta.

Goleiro definido

O goleiro a ser anunciado pela diretoria para a reposição de Mateus Pasinato — que deixou o São Bento para jogar no Moreirense, em Portugal — deve ser Gabriel Félix, do Vasco. A negociação é dada como certa em sites de notícias do clube carioca, no qual o jogador é, atualmente, a terceira opção para a posição. A ideia é que Gabriel, de 24 anos, tenha mais oportunidades de jogar na segunda divisão nacional. (Zeca Cardoso)

Comentários