São Bento

São Bento aguarda o retorno da Série A2 do Campeonato Paulista

Sem nunca ter ficado tanto tempo sem jogar, atacante beneditino torce para que boa fase continue
Aguardando o retorno da A2
Diego marcou um gol contra o Rio Claro, quando a equipe iniciou a recuperação. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (4/3/2020)

A última vez que o São Bento entrou em campo foi no dia 15 de março, pela 12ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista, quando venceu o Penapolense por 2 a 1. Há quase um mês, todas as atividades do futebol estadual estão paralisadas.

Momento único na vida da maioria dos jogadores de futebol é ficar tanto tempo longe dos gramados. “Nunca fiquei tanto tempo afastado do futebol. Essa é a primeira vez que vivo isso na minha carreira”, explicou o atacante beneditino, Diego Tavares.

Com o isolamento social, os atletas do Bentão seguem uma planilha de treinamentos criada pelo preparador físico Cléber Vaz. As atividades são realizadas de maneira individual e adaptadas para cada jogador e à estrutura que possuem.

Além da tradicionais série e filmes para matar o tempo, o momento é para curtir a família. “Estou curtindo muito a minha família. Estou acompanhando um pouco mais de perto o crescimento da minha filha, as coisas novas que ela aprende a cada dia”, contou Tavares.

Quando a bola estava rolando, o São Bento alcançou uma invencibilidade de quatro jogos. O clube passou por Rio Claro, Juventus, Votuporanguense e Penapolense. Saltou da zona do rebaixamento da A2 para a nona colocação.

Leia mais  CBF divulga tabela de jogos do São Bento na Série C

“Estávamos em uma boa crescente e o nosso entrosamento aumentava diariamente, jogo após jogo. O time todo estava muito focado em alcançar o G8 o mais rápido possível, e isso só não tinha acontecido ainda por conta do nosso saldo de gols”, falou.

O clube vivia uma crescente e Diego Tavares também crescia de produção. Titular nos últimos sete jogos, marcou dois gols, um deles na vitória contra o Rio Claro, jogo que encerrou o jejum de seis partidas sem vitória.

“Individualmente, eu estava vivendo um momento muito bom na minha carreira. Fico triste por não podermos atuar, mas precisamos ser pacientes neste momento. Se Deus quiser, as coisas vão melhorar e logo estaremos de volta” disse o atacante.

A arrancada do São Bento teve início com a chegada do técnico Edson Vieira. Nas quatro partidas dirigidas por ele, o clube beneditino venceu todas, marcando 11 gols e sofrendo cinco. Para Tavares, o novo treinador é um dos fatores para o início da arrancada.

Leia mais  Zona Azul digital em Sorocaba já tem 21 mil usuários

“A reação da equipe se deu por vários fatores. A confiança passada pelo treinador foi um deles. Mas creio que os resultados apareceram graças ao trabalho realizado no dia a dia”, explicou o jogador que foi titular em todos os jogos com Vieira.

Em meio à turbulência que ocorre no mundo, o futebol ainda não conhece a data em que poderá retomar todas as suas atividades. Os jogadores do São Bento estão de férias até o próximo dia 20, mas Tavares tem certeza que o clube voltará ainda mais forte.

“Acredito que vamos voltar ainda mais fortes, com o mesmo empenho e dedicação que apresentamos até aqui. Vejo a nossa equipe evoluindo ao longo da temporada e muito focada em alcançar os objetivos traçados”, analisou.

Reunião da A2

Amanhã, às 15h, a Federação Paulista de Futebol (FPF) irá realizar uma videoconferência com clubes da segunda divisão estadual para discutir quais serão os caminhos para a retomada da competição.

Leia mais  Paciente de 87 anos recebe alta hospitalar e ganha homenagem em Sorocaba

“Ressaltamos que a volta das competições só se dará no momento adequado, de acordo com todos os prazos e protocolos determinados pelas autoridades de saúde estadual e federal”, esclarece a FPF, por meio de nota oficial. (Zeca Cardoso)

Comentários