São Bento

Marcos Martins é uma escolha toda pessoal do técnico do São Bento

Marcos Martins é um dos três remanescentes da equipe que disputou a temporada de 2019
São Bento renova com lateral Marcos Martins
“Eu tô feliz aqui”, diz Marcos Martins ao falar da identificação com o São Bento e adaptação a Sorocaba. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (20/9/2019)

Um dos remanescentes da temporada de 2019 para o atual elenco do São Bento é o lateral-direito Marcos Martins. O jogador renovou contrato com o clube para a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista e para a Série C do Campeonato Brasileiro. Mesmo com propostas para jogar divisões superiores, a escolha foi permanecer no Azulão.

“Eu tô feliz aqui. No futebol as vezes você tem de abrir mão de algumas coisas para sua felicidade. Não adianta você estar numa equipe grande, mas que não vai te trazer felicidade. Individualmente foi uma temporada (2019) muito boa para mim, não para o clube. Claro que esperava tirar o São Bento do rebaixamento, mas é página virada e um novo momento”, revelou.

Novo momento que passa por uma reformulação do elenco. Foram contratados 15 reforços, além dos contratos renovados de três jogadores que estiveram no último ano: o goleiro Paulo Vitor, o volante Fábio Bahia, além de Marcos Martins. Apesar de muitas caras novas, o lateral do Bentão, mesmo com pouco tempo de trabalho, está satisfeito com a montagem do plantel.

“Uma renovação grande. Só três jogadores ficaram do ano passado. Renovação, mas são jogadores que eu já conheço, com rodagem boa no futebol. O Léo (Condé) eu também já conheço, será o terceiro clube que trabalho com ele. Treinador experiente. Fomos campeões juntos e no Botafogo-SP conseguimos o acesso (da Série C para a Série B, em 2018). Gostei do que estou vendo”, avaliou Martins.

Leia mais  São Bento assusta torcedores

A identificação rápida com o clube e a torcida, além da adaptação da família na cidade, foram alguns dos fatores que pesaram na decisão de Marcos Martins para permanecer. A relação com o presidente Márcio Rogério Dias também foi determinante. Mas a contratação do treinador Léo Condé pesou ainda mais para o jogador acertar a renovação.

“Gostei do São Bento. O Márcio (Rogério Dias, presidente) foi um cara que me ajudou muito. Minha escolha passa pelo Léo (Condé) também. Um cara que eu confio, ele confia no meu trabalho e isso é importante. Onde ele vai faz bons elencos e esperamos colocar o São Bento na primeira divisão (do Paulista) novamente”, falou. (Zeca Cardoso)

Comentários