São Bento

Enfim, a hora que o São Bento esperava

Elenco sorocabano deve fazer testes para Covid-19 na segunda-feira e voltar a treinar assim que tiver os resultados
Enfim, a hora que o Bentão esperava
Ruan admite que a equipe está em desvantagem na preparação, mas aposta na superação. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (29/1/2020)

O São Bento retorna às atividades  após 125 dias de paralisação em função da pandemia do novo coronavírus. Com o protocolo médico aprovado pela Prefeitura de Sorocaba, jogadores, comissão técnica e funcionários serão testados para Covid-19. Após os resultados, os treinos serão retomados.

Em contato com a reportagem do jornal Cruzeiro do Sul, o atacante Ruan ainda não sabe exatamente quais serão as medidas adotadas, mas confia que toda a atenção necessária será garantida pela direção beneditina.

“O clube, tomando todos os devidos cuidados e cuidando da gente da forma como deve ser a parte médica, (é) 100% seguro. Eu, particularmente, estou bem tranquilo para poder voltar a jogar e voltar aos treinos”, afirmou.

Readequações

Para seguir no elenco, todos os atletas passaram por uma renegociação de contrato. Por conta da interrupção dos jogos, a arrecadação do clube despencou e os salários passaram por uma readequação.

“Entendi o clube; o clube entendeu o meu lado. Então, eu demonstrei que queria ficar. O professor foi um cara importante também para eu ter aceitado a redução, o que não é fácil”, contou o atacante.

A situação pegou a todos de surpresa. Reduzir salários não é uma tarefa simples. Ruan classificou a situação como muito ruim, mas disse que os atletas que permaneceram abraçaram à causa pelo clube.

“Não é fácil, mas estamos com objetivo muito grande que são as conquistas no São Bento, para poder até ter um longo período bom e melhor no clube e, quem sabe, almejar até coisas (transferências) para fora do País ou no País”, confidenciou.

Volta aos treinos

Reforma contratual, quatro meses de paralisação e adversários à frente na preparação. O São Bento é o último time do Grupo B na Série C a voltar aos treinamentos. A estreia, entre os dia 8 e 9 de agosto, será contra o São José (RS), que treina há mais de dois meses.

“Vamos chegar bem atrasados. Nosso adversário (da estreia na Série C) está treinando por algum tempo. Mas é ter a tranquilidade, paciência e sabedoria para ultrapassar os obstáculos, que serão muitos”, alertou.

Ruan iniciou a temporada como titular, mas acabou sendo afastado das partidas por desentendimentos com o ex-técnico Léo Condé. Com a chegada de Edson Vieira, o atacante se tornou em um dos destaques do elenco, marcando dois gols em quatro jogos.

Parte física

Apesar de manter os treinamentos individuais, que foram acompanhados pelo preparador físico do Bentão, Cléber Vaz, a parte física de todos os atletas estará defasada. Além do preparo, a superação fará parte da rotina no início.

Leia mais  Sinal verde para o Bentão

 

“Parte física não está das melhores, acredito que de ninguém, em um cenário geral. Mas sou um cara que me cuido, não tenho problema com peso. Então, quero poder chegar com a musculatura firme e poder aguentar a carga de trabalho e não lesionar”, destacou Ruan. (Zeca Cardoso)

Comentários