São Bento

Contra o Figueirense, São Bento tenta primeira vitória na Série B

Azulão joga em Florianópolis neste sábado (4), às 11h, no Estádio Orlando Scarpelli
Doriva aposta na velocidade de Cafu — já com cabelo no tom natural — para os contra-ataques. Crédito da Foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (16/4/2019)

O São Bento entra em campo neste sábado (4), às 11h, para enfrentar o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina, pela segunda rodada da Série B. O Azulão perdeu para o Atlético-GO na estreia, por 3 a 1, jogando no Walter Ribeiro (CIC), em Sorocaba. Já o adversário empatou com o Guarani, em Campinas, por 0 a 0.

Leia mais  Doriva deve mexer no São Bento para encarar o Figueirense em SC

 

A partida em Sorocaba também marcou a estreia do técnico Doriva, que teve a semana livre para trabalhar a correção dos erros cometidos pelo seu time. “Nós estamos em formação ainda, este primeiro jogo teve coisas boas, apesar do resultado. Precisamos elevar o nível de atenção dos atletas, os gols que tomamos eram perfeitamente evitáveis, acho que para o segundo jogo a equipe vai estar mais focada, mais atenta”, completou.

Uma equipe mais focada e mais atenta, e que contará com mudanças. Em relação ao jogo contra os goianos, podem ser até cinco alterações no time titular. “Vou fazer algumas alterações. Eu entendo que a equipe precisa de ajustes, estou no dia a dia e vendo as situações e sou bem franco com os atletas, bem frontal. Então o atleta tem que saber que tem que ter performance, rendimento, porque tem um companheiro dele que tá buscando o espaço e a oportunidade”, explicou Doriva.

Cafu, atacante que entrou durante a partida contra o Atlético-GO e teve boa atuação, estará no ataque ao lado de Zé Roberto. O jogador foi elogiado pelo treinador beneditino na última quinta-feira (2). “Ele entrou muito bem no jogo, mudou a partida para nós. Deu volume ofensivo, deu criatividade no meio. É um peça que temos pensando bastante em iniciar. Tenho conversado com ele no particular, para despertar-lo em alguns sentidos que precisa estar mais atento, não basta só a qualidade.”

Além da entrada de Cafu, outras alterações puderam ser vistas nos treinamentos: o lateral-direito Bruno Moura e o zagueiro Luizão perderam as suas vagas para Régis (voltando à lateral) e Wesley, respectivamente. No meio de campo, a novidade é a entrada de Feijão, contratado após o Paulistão, deixando Fábio Bahia no banco. Minho, que chegou do São Caetano, ganha a posição de Raphael Martinho.

A intenção das alterações, além de estar ligada à fraca atuação de alguns atletas dentro de campo, também envolve o local da partida. Por jogar fora de casa, o clube beneditino adotará a estratégia de jogar no contra-ataque: por isso a entrada de Minho e Cafú, jogadores de velocidade. “Temos que ter inteligência para jogar o jogo. Normalmente as equipes que jogam em casa na Série B querem propor o jogo, então temos que ter estratégia para se defender nos momentos certos e ter um contra ataque rápido” ressaltou Doriva.

O adversário

O Figuerense fez mistério na preparação durante a semana. O técnico Hermerson Maria, elogiado por Doriva, tem algumas dúvidas para escalar a sua equipe e fechou boa parte dos treinamentos. O lateral-direito Alemão Teixeira e o atacante Willian Popp, com dores musculares, podem ficar de fora da partida. Já o meia Betinho, com uma virose, também não tem a escalação confirmada. Quem pode estrear é o recém-contratado Rafael Marques. O atacante, campeão brasileiro com o Palmeiras, em 2016, foi relacionado para encarar o Bentão. (Zeca Cardoso)

Ficha técnica

Figueirense x São Bento

Figueirense – Dênis, Alemão Teixeira (Kauê), Pereira, Ruan Renato e Matheus Destro; Zé Antônio, Júlio Rusch (Betinho) e Tony; João Diogo, Willian Popp (Felipe Mateus) e Rafael Marques. Técnico: Hemerson Maria

São Bento – Henal, Régis, Wesley, Élton e Mansur; Feijão, Pablo e Paulinho; Minho, Cafú e Zé Roberto. Técnico: Doriva

Árbitro – Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Local – Estádio Orlando Scarpelli

Horário – 11h

Comentários