fbpx
São Bento

Ainda em busca de explicações, técnico Doriva precisa rever estratégia

Oscilações de desempenho, como a que levou à derrota em Bragança, preocupam o São Bento
Ainda em busca de explicações
O técnico Doriva, que não comandou o time contra o Bragantino, tem trabalho pela frente. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (31/5/2019)

Uma derrota para o Bragantino, fora de casa, é um resultado normal. Afinal, o Massa Bruta briga na parte de cima da tabela, tem a melhor defesa e o melhor ataque da Série B. Mas, jogando com um jogador a mais desde os 11 minutos do primeiro tempo, as circunstâncias da partida levavam a crer que o São Bento poderia vencer. Mas não foi isso o que aconteceu. A superioridade numérica não surtiu nenhum efeito. A explicação, ao final do jogo, foi difícil de encontrar.

Mas o zagueiro Guilherme Mattis ressaltou a falta de entrosamento do time titular beneditino. “Nós tivemos três estreias. Eu, o Kiss e o Oya (como titular). O Élton acabou se machucando no comecinho do jogo e o Alisson também entrou. Quatro jogadores novos. O entrosamento pesa um pouco, já que eles têm um grupo que está junto desde o começo do ano”, disse, ao microfone da rádio Cruzeiro FM 92,3, para em seguida contemporizar: “Não é desculpa. Nós, com um jogador a mais, perdemos a oportunidade de ganhar o jogo ou, pelo menos, pontuar.”

Leia mais  São Bento inicia as contratações para A2

Luizinho Rangel, que substituiu o suspenso Doriva, também pesou as mudanças de jogadores dentro de campo, mas creditou a derrota à mudança de postura do primeiro para o segundo tempo. “Não conseguimos entender. Terminamos bem o primeiro tempo, tivemos volume de jogo e chances para abrir o placar. Voltamos apáticos e devagar na saída de bola. O Bragantino, com qualidade, se impôs dentro do campo.”

Não é a primeira vez que o São Bento apresenta oscilação dentro de campo. Em alguns jogos foi possível detectar uma alternância de intensidade. Na partida contra o CRB-AL, a última dentro de casa, foi possível notar atitudes distintas entre o primeiro e segundo. O assunto já preocupa a comissão técnica.

A próxima partida será na terça-feira (11) contra o Vila Nova-GO, fora de casa, às 19h30. O técnico Doriva poderá contar com o zagueiro Wesley e o atacante Minho, que também estavam suspensos contra o Bragantino. O confronto em Goiás será o último antes da parada para a Copa América, visto como uma pausa importante para avaliação do elenco. (Zeca Cardoso)

Comentários