São Bento

A oito jogos do fim da Série B, São Bento segue com a lanterna na mão

São Bento tem de fazer 18 pontos para escapar da queda
A oito jogos do fim
“Resgatado” por Milton Mendes, Henal deve continuar titular. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (3/10/2019)

 

O São Bento segue com a lanterna da Série B na mão, restando apenas oito jogos para o final da competição. Com 27 pontos, os sorocabanos estão seis atrás do Vitória, primeiro time fora da zona do rebaixamento. E os resultados recentes não animam o torcedor. O Bentão perdeu os últimos três jogos, para Sport (2 a 0), Coritiba (2 a 1) e Operário-PR (2 a 1).

A comissão técnica trabalha com 45 pontos para livrar o clube da Série C. Para chegar a esse número, o clube de Sorocaba teria que conquistar 18 pontos. Seriam seis vitórias ou cinco triunfos e três empates. Serão quatro jogos em casa (Guarani, Cuiabá, Brasil-RS e Londrina) e outros quatro fora de seus domínios (Criciúma, Ponte Preta, Paraná e América-MG).

“Enquanto restarem seis jogos, ainda existem 18 pontos. Agora, é preciso acreditar, é preciso ter força, porque não é uma missão fácil. Na Série B, os jogos são extremamente difíceis e não podemos jogar a toalha. Não podemos nos entregar, representamos uma instituição e uma cidade. Agora separamos os homens dos meninos”, falou Luiz Paião, auxiliar técnico que substituiu Milton Mendes na última partida.

Leia mais  São Bento marca de pênalti e vence a Portuguesa no CIC

O próximo compromisso do São Bento é no sábado, contra o Guarani, às 16h30, no CIC. O técnico beneditino estará à beira do gramado após cumprir suspensão por ter sido expulso contra o Coritiba. Fábio Bahia, que também ficou de fora contra o Operário pelo terceiro cartão amarelo, pode voltar ao time titular. Henal, que voltou a ser titular do gol beneditino, deve ser mantido na equipe.

O meio-campo Paulinho, o lateral-esquerdo Guilherme Romão e o zagueiro Gérson, que ficaram de fora por conta de lesão, terão a semana cheia para buscarem a recuperação e estarem à disposição. O lateral e o zagueiro têm mais chances de estarem em campo no sábado. O Azulão trabalhará até sexta-feira com treinamentos, sempre no período da tarde. (Zeca Cardoso)

Comentários