Esporte São Bento

São Bento perde do Ituano por 2 a 0 e patina no Paulistão

Claudinho e Martinelli anotaram os gols do Galo e o Azulão ainda teve um atleta expulso no segundo tempo
São Bento perdeu do Ituano por 2 a 0 no Estádio Novelli Júnior. Crédito da Foto: Erick Pinheiro
São Bento perdeu do Ituano por 2 a 0 no Estádio Novelli Júnior. Crédito da Foto: Erick Pinheiro

Sem finalizar diretamente uma vez sequer ao gol adversário, o São Bento perdeu nesta segunda-feira (28) para o Ituano por 2 a 0, no estádio Novelli Júnior, e segue sem conhecer o gosto da vitória no Campeonato Paulista. A equipe voltou a ter uma atuação abaixo do esperado e continua com a pior campanha de todo o estadual ao final de três rodadas, com apenas um ponto somado e um saldo negativo de seis gols.

No Grupo B, o Azulão está a seis pontos do líder Palmeiras. Com a vitória, o Ituano chegou a quatro pontos no Grupo D. O Bentão volta a campo com a obrigação — maior do que nunca — de vencer o São Caetano, na quinta-feira (31), às 18h45, no CIC. Já o Ituano vai a Araraquara no mesmo dia para pegar a Ferroviária na Fonte Luminosa.

Mais uma vez modificado em relação aos times que entraram em campo contra Botafogo e Santos (com as entradas de Everton Silva, Guilherme Romão e Tiago Luís), o Bentão fez — juntamente com o Ituano, é bem verdade — um primeiro tempo sofrível. Sob um forte calor, as equipes pouco produziram a não ser aceitar a marcação adversária, sem oferecer ou se submeter a qualquer tipo de risco.

O que esteve mais perto de ser uma chance veio já no final da etapa inicial, com Tiago Luís cobrando falta desviada para fora. Na volta do intervalo, tudo seguia no mesmo ritmo, até que o Ituano resolveu acelerar o passo. Aos 9’, Martinelli fez boa jogada pela direita e cruzou por baixo. Alemão fez o corta-luz e a bola sobrou para Claudinho, completamente livre, bater forte e abrir o placar para o Galo de Itu.

A partir daí, Marquinhos Santos mexeu no time, com a entrada de Eder Luis no lugar de Paulinho, mas nada mudou. O treinador voltou a mexer, colocando Paulo Henrique na vaga de Henan, mas no minuto seguinte, aos 25’, Ewerton Páscoa, que já tinha sido advertido, perdeu o tempo da bola na intermediária e atingiu o garoto Martinelli, recebendo o segundo amarelo — e, consequentemente o vermelho. Na cobrança, Renan defendeu a batida de Jonas, mas a partir daí as chances de reação do Azulão caíram drasticamente.

Com a necessidade de recompor a zaga, Marquinhos promoveu a estreia do zagueiro Luizão, recém-chegado ao elenco, na vaga de Tiago Luís. Com um a mais, o Ituano passou a controlar totalmente o jogo, mantendo a posse de bola diante de um São Bento fechado e sem poder de ataque.

A situação ficou ainda pior aos 48’, com a “pá de cal”: em boa jogada pela esquerda, Marcelinho achou Claudinho, que cruzou rasteiro para Martinelli, o nome do jogo, completar de primeira e fazer o segundo. O jovem de 17 anos, que já havia marcado seis gols na Copa São Paulo de Futebol Júnior, fez seu primeiro gol logo na estreia como titular.

Ituano 2 x 0 São Bento

Ituano – Pegorari; Jonas, Léo Santos, Ricardo Silva e Peri; Marcos Serrato (Corrêa), Baralhas e Bassani (Marcelinho); Claudinho, Martinelli e Alemão (Morato). Técnico: Vinicius Bergantin
São Bento – Renan; Everton Silva, Ewerton Páscoa, Diego Ivo e Guilherme Romão; Fábio Bahia, João Paulo e Paulinho (Eder Luis); Tiago Luís (Luizão), Henan (Paulo Henrique) e Alecsandro. Técnico: Marquinhos Santos

Gols – Claudinho aos 9’ e Martinelli aos 48’ do 2T
Cartões amarelos – Marcos Serrato, Alemão (Ituano), Ewerton Páscoa, Alecsandro e Diego Ivo (São Bento)
Cartão vermelho – Ewerton Páscoa
Público – 999 pessoas
Renda – R$ 23.580
Árbitro – Douglas Marques das Flores
Local – Estádio Novelli Júnior, em Itu

 

Comentários

CLASSICRUZEIRO