Esporte

Rafael Nadal vence Djokovic e conquista 13º título em Roland Garros

O número dois do mundo recebeu elogios de Djokovic, que enalteceu o jogo agressivo de Nadal e reconheceu que foi inferior na partida
Rafael Nadal vence Djokovic e conquista 13º título em Roland Garros
Ao vencer em Roland Garros neste domingo (11), Nadal recebeu o quarto título seguido na competição. Crédito da foto: Corinne Dubreuil / FFT (11/10/20)

O tenista espanhol Rafael Nadal venceu Novak Djokovic, neste domingo (11), na final do torneio de Roland Garros, realizado em Paris. Ele conquistou o 13º título na competição, sendo o quarto seguido.

“A história de amor que tenho com esta cidade e com essa quadra é inesquecível”, disse o espanhol após a partida final.

O número dois do mundo recebeu elogios e parabéns do adversário, que enalteceu o jogo agressivo de Nadal e reconheceu que foi inferior na partida.

“Ele continua em frente, é difícil pará-lo. É incrível. Quer dizer, eu admiro todas as suas conquistas. Não há muito o que dizer. Ele merece todos os superlativos possíveis”, afirmou Djokovic.

Elogio de Federer

O tenista sérvio não foi o único a exaltar Nadal. Com mais um título em Roland Garros, o quarto sem perder um set sequer, o espanhol se igualou a Roger Federer como maior vencedor de Grand Slams.

Federer e Nadal têm 20 conquistas cada e estão à frente de Djokovic, com 17. O suíço usou as redes sociais para parabenizar o feito do companheiro.

“Eu sempre tive o máximo respeito pelo meu amigo Rafa como pessoa e como campeão. Como meu maior rival de tantos anos, eu acredito que nos pressionamos a nos tornamos jogadores melhores. Dito isso, é uma grande honra para mim de parabenizá-lo pelo 20º Grand Slam vencido”, escreveu Federer.

Nadal não quis falar muito sobre a façanha de chegar a 20 troféus de Grand Slams e preferiu valorizar a importância do torneio francês para a sua carreira.

“Hoje não é o momento, honestamente, para pensar sobre os 20 Slams”, pontuou. “Roland Garros significa tudo para mim. Passei, aqui, os momentos mais importantes – ou a maioria dos momentos mais importantes – da minha carreira no tênis, sem dúvida”, disse. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

Comentários