Esporte

Pequeno Notável volta à Liga Sorocabana de Basquete para treinar

O presidente e técnico da LSB, Rinaldo Rodrigues, aprovou a escolha do armador
Pequeno Notável volta à Liga Sorocabana de Basquete para treinar
Kenny Dawkins (EUA) atuou em Sorocaba entre 2009 e 2013. Crédito da foto: Erick Pinheiro / Arquivo JCS (14/3/2013)

O armador norte-americano Kenny Dawkins, que vestiu a camisa da Liga Sorocabana de Basquete (LSB) entre os anos de 2009 e 2013, está de volta à cidade. Em um primeiro momento, ele chega para um período de treinamentos antes da volta das competições oficiais.

Após o Pinheiros encerrar as atividades da equipe de basquete masculino, o jogador ficou sem contrato e estrutura para seguir com a sua preparação física e técnica. Mas, para manter a forma, buscou o clube sorocabano.

“Os treinos aqui em Sorocaba estão sendo muito bons e muito importantes. Por isso, estou trabalhando forte e mantendo o foco no meu objetivo”, comentou o Pequeno Notável.

Escolha aprovada

O presidente e técnico da LSB, Rinaldo Rodrigues, aprovou a escolha do armador.  “Uma satisfação muito grande ter um ídolo da nossa cidade procurando a LSB para manter sua forma física, visando os desafios futuros. Realmente fantástico. Isso mostra a importância da Liga Sorocabana de Basquete na vida dos atletas”, analisou.

No entanto, Kenny Dawkins ainda não definiu em qual clube atuará quando o basquete for retomado. Em um primeiro momento, o regresso à Sorocaba não deve acontecer, mas o gestor sorocabano acredita que o norte-americano voltará um dia ao clube.

“Tenho certeza de que no futuro teremos o Kenny Dawkins vestindo novamente a camisa da Liga Sorocabana de Basquete. Porque é um sonho nosso, que também é compartilhado pelos torcedores da LSB”, finalizou Rinaldo.

Ligação com Sorocaba

Kenny Dawkins Jr. nasceu na cidade de Holly Springs, no Estado do Mississipi, no sul dos Estados Unidos. Atuou no basquete universitário e teve uma passagem pela D-League, a liga de desenvolvimento da NBA.

Por sofrer preconceito devido sua altura (1,68m) e com poucas oportunidades no país do basquete, o armador resolveu se aventurar no Brasil, aos 23 anos. E o destino foi a Liga Sorocabana de Basquete.

Na cidade, ajudou a equipe a entrar no cenário nacional. Foram duas temporadas no Novo Basquete Brasil (NBB), a elite da modalidade. E conseguiu vencer títulos com a camisa da equipe sorocabana.

Kenny Dawkins em sinergia

“A LSB representa muita coisa para mim, pois além de ser o meu primeiro time no Brasil, sempre me tratou com muito carinho e me fez sentir em casa. Houve uma sinergia muito grande com esta equipe desde que cheguei”, confessou.

E a forte ligação com Sorocaba não se deve apenas pelo fato da cidade ter sido a sua porta de entrada para o basquete brasileiro. Kenny Dawkins se define como um guerreiro, um brigador, uma característica em comum com a LSB.

“Para ganhar, é necessário trabalhar antes e ser guerreiro, além de nunca desistir. Isso é uma coisa que existe em mim sempre, por isso, quando eu cheguei aqui para trabalhar com o Rinaldo Rodrigues, nos demos bem”, afirma Kenny Dawkins.

Após duas grandes temporadas na NBB, o norte-americano foi contratado pelo Paulistano, onde foi vice-campeão da competição, em 2013/2014. Ainda jogou pelo Vitória, da Bahia, e o Pinheiros. Em todos esses clubes disputou os playoffs do Novo Basquete Brasil.

Aos 33 anos, Kenny Dawkins rodou por todo os País, mas reafirma o amor pela cidade. “Sorocaba sempre vai ter um lugar no meu coração e sempre que puder, virei para cá treinar ou passear com amigos”, comentou. (Zeca Cardoso)

Comentários