Esporte

Para o Timão, só um milagre

Equipe de Mancini precisa derrotar Vasco e Inter e, ainda, secar dois rivais para poder ir à Libertadores
Para o Timão, só um milagre
Apesar da difícil missão, técnico corintiano tenta passar otimismo aos jogadores. Crédito da foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Com chances remotas de ir à Libertadores, o Corinthians encara o desesperado Vasco, que vem de três derrotas consecutivas e luta para fugir da zona de rebaixamento. O jogo será hoje, às 16h, na Neo Química Arena, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

A derrota no clássico para o Santos no meio da semana deixou por um fio a possibilidade de a equipe terminar na oitava colocação, a última que garante um lugar no torneio continental. E para conseguir isso, além de vencer os dois jogos que faltam, precisa também que o Santos não ganhe nenhuma de suas partidas e que o Athletico-PR empate pelo menos uma.

O Corinthians é o atual décimo colocado com 49 pontos, o Athletico é o nono, com 50, e o Santos, o oitavo, com 53. Ou seja, se a equipe da Vila Belmiro somar três pontos em um dos jogos acabam as possibilidades de o time de Vagner Mancini ir à Libertadores.

Leia mais  Noite agitada: confira os duelos do Brasileirão desta quarta-feira

Caso o Santos empate as partidas contra Fluminense e Bahia e o Corinthians vença as duas partidas (o outro adversário será o Internacional), ambos ficarão com 55 pontos, mas time da capital paulista garante o oitavo lugar por ficar com mais vitórias 15 a 14.

Depois da última derrota, Mancini tentou manter a esperança. “Ainda temos chance, vamos brigar muito até o final, mas é óbvio que ficou mais difícil. Eu acredito ainda, são seis pontos em disputa, assim como o Corinthians, Santos e Athletico-PR têm jogos difíceis. Nesta fase do campeonato, todo mundo briga por alguma coisa. É importante a gente manter o entusiasmo. Só pelo fato de vestir essa camisa você tem a obrigação de brigar por todos os pontos até o final da disputa.”

Para tentar cumprir essa missão quase impossível, o Corinthians contará com um importante reforço. Fagner está de volta após cumprir suspensão. Cazares, que entrou no segundo tempo da última partida, também deve começar entre os titulares no lugar de Araos. Em compensação, o volante Gabriel ficará de fora após sofrer lesão muscular. Assim, a principal dúvida está no comando do ataque, entre Leo Natel e Jô.

Desespero vascaíno

O Vasco, por sua vez, não quer repetir os passos do rival Botafogo e ser outro grande rebaixado na atual edição do Brasileirão. Afundado na zona de perigo, os cariocas sabem que só uma vitória interessa. Não bastasse a campanha pífia, os comandados de Vanderlei Luxemburgo ainda terão dois tabus pela frente: derrotas nas quatro visitas mais recentes ao estádio corintiano e o fato de jamais marcado gols em Itaquera. (Da Redação, com Estadão Conteúdo)

Leia mais  Lesionado, Neymar desfalcará PSG contra o Barça na Champions

CORINTHIANS X VASCO

Corinthians – Cássio, Fagner, Jemerson, Gil e Fábio Santos; Xavier e Cantillo; Gustavo Mosquito, Cazares e Mateus Vital; Léo Natel. Técnico: Vagner Mancini

Árbitro – Anderson Daronco (Fifa/RS)

Local – Neo Química Arena (SP)

Horário – 16h

Vasco – Fernando Miguel; Léo Matos, Leandro Castan, Marcelo Alves (Ricardo Graça) e Henrique; Bruno Gomes, Leo Gil (Andrey), Benítez (Carlinhos) e Yago Pikachu (Juninho); Cano e Talles Magno (Ygor Catatau). Técnico – Vanderlei Luxemburgo

Comentários