Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Palmeiras vê crise aumentar

20 de Outubro de 2020

Palmeiras vê crise aumentar O Fortaleza derrotou o Palmeiras por 2 a 0. Crédito da foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras (18/10/2020)

O Palmeiras sofreu no domingo (18) a quarta derrota consecutiva no Brasileirão. Fora de casa, o time paulista foi batido pelo Fortaleza por 2 a 0, em jogo que teve como principal destaque em campo o goleiro Weverton, que fez defesas importantes e evitou uma goleada dos cearenses. Os gols do Fortaleza foram marcados por David, aos 33 e aos 41 minutos do primeiro tempo.

Na avaliação do atacante Willian, o momento é ruim, mas pode ser revertido pela equipe nos próximos jogos. “Vamos falar o quê? Não tem o que falar. É claro. Bater no peito, assumir a responsabilidade e entender que o momento é ruim, mas não tem nada perdido. Temos um grupo bom. Nesse momento é falar menos possível e trabalhar forte para ajustar o que precisa ser ajustado”, disse o atacante, sem esconder o incômodo pelo novo revés.

Willian entrou em campo no começo do segundo tempo. Mas, como aconteceu com os companheiros de time, não conseguiu alterar a postura do Palmeiras em campo. No primeiro jogo da equipe após a demissão do técnico Vanderlei Luxemburgo, o time mostrou a mesma lentidão e apatia das partidas anteriores.

“Infelizmente, nosso momento não é bom. Temos de erguer a cabeça, ter personalidade, assumir essa responsabilidade. Sabemos do peso da cobrança do Palmeiras. Somente nós vamos reverter essa situação”, disse o atacante.

Para Willian, o clima no time mudará assim que quebrar a série de resultados negativos. “Somente as vitórias vão dar essa virada de chave. Sabemos que futebol é assim. É não nos abater e ter humildade de aceitar, ouvir as críticas.” (Estadão Conteúdo)

FORTALEZA 2 x 0 PALMEIRAS

Fortaleza - Max Walef; Tinga (Gabriel Dias), Paulão, Roger Carvalho, Bruno Melo; Ronald (Romarinho), Felipe, Marlon, Osvaldo (Carlinhos); David (Wellington Paulista) e Yuri César (Juninho). Técnico: Rogério Ceni

Palmeiras - Weverton; Mayke (Wesley), Emerson Santos, Gustavo Gómez, Viña; Gabriel Menino, Patrick de Paula (Willian), Zé Rafael, Raphael Veiga (Danilo), Lucas Lima; Luiz Adriano (Gabriel Veron). Técnico: Andrey Lopes (interino)

Gols - David, aos 33 e aos 41 minutos do primeiro tempo

Cartões amarelos - Paulão, Bruno Melo, Zé Rafael, Viña

Cartão vermelho - Gustavo Gómez

Árbitro - Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Local - Arena Castelão, em Fortaleza (CE)