Esporte

Palmeiras e Defensa Y Justicia fazem duelo de campeões

Brasileiros e argentinos jogam nesta quarta-feira (7) pela Recopa Sul-Americana
Duelo de campeões
Buscando velocidade, Verdão deve ter trio de ataque com Rony (foto), Willian e Breno Lopes. Crédito da foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras (6/4/2021)

Acostumado à agradável rotina de decidir títulos, o Palmeiras terá hoje (7), na Argentina, aspectos mais vantajosos para enfrentar o Defensa Y Justicia às 21h30 pela partida de ida da Recopa Sul-Americana. Ao contrário das finais da Copa Libertadores e da Copa do Brasil, agora a equipe estará mais descansada e teve tempo para treinar. A partida de volta será semana que vem, em Brasília.

Nos últimos 20 dias, o Palmeiras só teve um jogo, diante do São Bento, há duas semanas. O calendário de jogos do Campeonato Paulista está paralisado por causa da pandemia. A pausa serviu para o clube ter um programação mais adequada de férias. O elenco foi dividido em turmas e houve um rodízio de descanso que contemplou até mesmo o técnico Abel Ferreira. O treinador passou duas semanas em Portugal junto com a família e retornou semana passada para preparar o time.

Leia mais  Paulo Roberto Santos tem alta após Covid

Tranquilidade e agenda calma foram condições muito raras para o Palmeiras nos últimos meses. Quando o calendário do futebol brasileiro retornou da paralisação, o time iniciou uma cansativa série de compromissos. Foram 46 jogos em 162 dias entre o fim de julho, data da retomada, e dezembro. A equipe fechou a temporada 2020 com o número máximo de partidas possível: 77.

“É uma final e nos preparamos para chegar e fazer um grande jogo Começar a temporada com um título é sempre importante e esperamos conseguir isso para a nossa torcida”, afirmou o meia Zé Rafael. Ele aproveitou a parada no calendário para se recuperar de lesões no tornozelo.

O Verdão terá ainda entre as duas partidas da Recopa a oportunidade de disputar, no domingo, a Supercopa do Brasil, contra o Flamengo. A sequência de decisões levará o time ter acumulado quatro finais em um intervalo de apenas dois meses e meio.

Leia mais  Ângelo é o mais jovem a marcar na Libertadores

A equipe titular hoje deve ser bem parecida à das últimas decisões, com ataque formado por jogadores mais velozes, como Rony e Breno Lopes. Luiz Adriano testou positivo para a Covid-19 pela segunda vez, não joga e ainda foi multado por descumprir protocolos sanitários do clube.

Se nos últimos meses o Palmeiras teve uma maratona de jogos e coincidências de datas que obrigaram vários compromissos serem remarcados, agora quem vive uma agenda mais complicada é o adversário. Campeão da Copa Sul-Americana, o Defensa Y Justicia teve cinco partidas no último mês.

A equipe perdeu o técnico Hernán Crespo para o São Paulo e fez retornar Sebastián Beccacece. “Temos de buscar o jogo e buscar com que possamos ter tranquilidade para enfrentar o que está por vir depois”, explicou. (Ciro Campos – Estadão Conteúdo)

DEFENSA Y JUSTICIA-ARG x PALMEIRAS

Defensa Y Justicia-ARG – Unsain; Breitenbruch, Fría e Meza; Brítez, Tomás Escalante, Loaiza, Benítez e Pizzini; Romero y Walter Bou. Técnico: Sebastián Beccacece

Leia mais  Paulo Roberto Santos respira sem ajuda de aparelhos

Palmeiras – Weverton; Marcos Rocha, Gómez, Luan e Viña; Felipe Melo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Willian, Breno Lopes e Rony. Técnico: Abel Ferreira

Árbitro – Andrés Rojas (Colômbia)

Horário 19h15

Local – Estádio Norberto Tomaghello, em Buenos Aires, na Argentina

Comentários