Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Novo presidente do Timão garante permanência de Mancini

05 de Janeiro de 2021

Novo presidente do Timão garante permanência de Mancini Duilio Monteiro Alves venceu eleição em novembro. Crédito da foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

 

Empossado nesta segunda-feira (4) como novo presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves assegurou que Vagner Mancini, que tem contrato até dezembro, permanecerá à frente do time na sua gestão. Ele destacou que o trabalho começou a dar resultados nas últimas semanas, colocando o time na briga por uma vaga na próxima edição da Libertadores. E defendeu a continuidade do trabalho.

“Vagner Mancini é o treinador do Corinthians para o ano. Ele vem fazendo um grande trabalho, estamos muito satisfeitos, jogadores e funcionários se adaptaram bem. O time começou a apresentar um bom futebol, estamos invictos. Vamos com o Mancini até o fim do ano, mas esperamos que ele permaneça mais tempo. Temos como cultura a manutenção do treinador, do trabalho, a gente sabe que futebol leva tempo. Muitas vezes os resultados aparecem rapidamente, mas não é sempre assim, depende de trabalho”, argumentou.

Além disso, Duilio descartou a possibilidade de realizar altos investimentos em reforços no Corinthians. “Não é momento de grandes contratações, temos que ter responsabilidade financeira. Mas como eu digo, nosso time e nosso elenco não é ruim. Infelizmente não vivíamos um bom momento em campo, mas com o passar do tempo, com o Mancini, o time começou a se ajeitar e mostra que vai brigar lá em cima, como sempre fez nos últimos anos”, defendeu.

Composição

Duilio, de 45 anos, venceu a eleição presidencial do Corinthians em 28 de novembro, sendo o escolhido para ocupar o cargo até 2023. Ele também anunciou nesta segunda-feira (4) os principais nomes que vão compor a sua diretoria nos próximos três anos. E resgatou profissionais com trajetória no clube na última década, como o ex-presidente Roberto de Andrade e o ex-jogador Alessandro Nunes.

Roberto de Andrade, que presidiu o Corinthians de 2015 a 2018, vai ser o diretor de futebol do clube, cargo que havia exercido entre 2010 e 2014, período em que a equipe faturou alguns dos principais títulos da sua história como a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes, ambos em 2012. Alessandro era jogador e capitão da equipe nessas conquistas e, após integrar a diretoria de 2014 a 2018, retorna ao clube como gerente de futebol. Vai suceder, assim, outro ex-jogador, o ex-zagueiro Vilson, na função.

O sucessor de Andrés na presidência também definiu Wesley Melo como diretor financeiro. Ex-diretor-executivo do Ibope Repucomm, José Colagrossi será o superintendente das áreas de marketing, inovação, comunicação e novas mídias. Já a diretoria jurídica ficará a cargo de Herói Vicente, uma decisão que chamou a atenção, pois ele chegou a defender, no ano passado, o afastamento do antecessor de Duilio. (Estadão Conteúdo)